Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

MORTE DE LÚDIO COELHO

Governador decreta luto de três dias no Estado

22 MAR 2011Por da redação18h:49

Governador decreta luto oficial de três dias no Estado pela morte de Ludio Coelho


22/03/2011 | Waldemar Hozano 



Tendo em vista o falecimento do ex-prefeito de Campo Grande, ex-senador e produtor rural Ludio Martins Coelho, ocorrido na tarde de hoje em Campo grande, o governador André Puccinelli decretou luto oficial por três dias no Estado de Mato Grosso do Sul, cujo decreto será publicado na edição desta quarta-feira, do Diário Oficial do Estado.

Na sua justificativa, o governador do Estado enumera várias qualidades de Ludio Coelho, como o fato de ter sido um dos políticos mais corretos que Mato Grosso do Sul conheceu. Nascido na cidade de Rio Brilhante (fazenda Bela Vista), no dia 22 de setembro de 1922, Ludio Coelho se destacou tanto na política como na vida privada.

Como político, Ludio Coelho foi prefeito de Campo Grande em duas gestões (1983- 1985 e 1989-1992). Foi senador de 1995 a 2003 tendo sido vice líder do PSDB no Senado, onde participou de várias comissões, e presidente do PSDB em Mato Grosso do Sul

Na vida privada, participou ativamente da economia do Estado como um dos mais importantes criadores de gado, foi presidente do Banco Agrícola de Dourados, superintendente do Banco Sul-Mato-Grossense Financial, vice presidente da Associação Brasileira de Criadores de Zebu, tendo participado da criação do primeiro frigorífico do Estado.




 

Leia Também