Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Google vai começar a punir sites piratas nos resultados de buscas

11 AGO 12 - 12h:30techtudo

O Google anunciou nessa sexta-feira (10) que pretende punir sites com conteúdo piratas nos resultados de buscas. O novo mecanismo, que vai começar a valer na próxima semana, tem como objetivo diminuir no ranking da página todos os sites que geram infrações de direitos autorais. Para a empresa, a medida visa ajudar os usuários a encontrar fontes de qualidade legítimas e com maior facilidade. Na prática, isto significa que o usuário ao efetuar uma busca de um filme, por exemplo, encontrará sites pagos ou que estejam dentro da lei - ao contrário de páginas que disponibilizam torrents e arquivos em sites de compartilhamentos ilegais.

No blog oficial do Google foi revelado que o algoritimo de indexação jogará as páginas ilegais para baixo. No entanto, a companhia enfatiza que os sites não serão excluídos, mas perderão a relevância nas pequisas. De acordo com a empresa há uma grande quantidade de pedidos de remoção de URL que violam as leis. No último mês foram gerados 4,3 milhões de pedidos – resultado maior que o total de todo o ano de 2009.

Vale lembrar que os sites que violam os direitos autorais só podem ser removidas mediante ordens judicias. Desde maio deste ano, a Gigante da Internet tem uma página exclusiva que exibe os pedidos de remoção de páginas consideradas ilegais.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PRESIDENTE DA CCJ

Proposta sobre pacto federativo começará no Senado, diz Simone

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

ECONOMIA

Em menos de 5 anos, País terá de voltar a discutir capitalização, diz secretário

Incêndio em terreno baldio localizado na área central assusta moradores
BATAYPORÃ

Incêndio em terreno baldio assusta moradores

Mais Lidas