Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Google planeja começar a oferecer internet de 10 Gbps

17 FEV 14 - 01h:00olhar digital

O Google Fiber é uma bênção para uma cidade dos EUA, onde é oferecida internet de 1 Gbps por meio dos cabos de fibra óptica do Google. Contudo, a meta da empresa é ainda mais ambiciosa, e já planeja oferecer velocidades que chegam à marca de 10 Gbps.

A intenção foi revelada por Patrick Pichette, diretor financeiro do Google, durante a conferência. A medida seria uma forma de alavancar maiores velocidades de internet no país, o que poderia levantar o uso de softwares como serviços.

"É para lá que o mundo está indo. Vai acontecer", disse ele, indicando que isso poderia acontecer na próxima década mas "por que não tornamos disponílve em três anos? É nisso que trabalhamos e não há necessidade de esperar", conta ele.

O ramo de atividades principal do Google não é o de operadora de internet, mas mesmo assim consegue oferecer velocidades maior que qualquer outra empresa do ramo nos EUA. Trata-se de um serviço limitado, no entanto, que atinge apenas as cidades de Kansas City; Austin já foi confirmada como a segunda cidade a receber o serviço.

Mesmo assim, Pichette diz que o projeto do Fiber não é apenas um "hobbby" para o Google. Ao ser perguntado se outras cidades entrarão para o rol de privilegiadas em receber o serviço, ele foi misterioso: "Fiquem ligados", ele disse.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta segunda-feira: "Menos conflitos, mais esperança"

ARTIGO

Luiz Fernando Mirault Pinto: "As cinzas mais escuras"

Físico e Administrador
OPINIÃO

Raul Spitz: "Falar sobre o suicídio é proporcionar vida"

Psicólogo e consultor pedagógico do Laboratório Inteligência de Vida (LIV)
Teste da nova BMW R 1250 GS Adventure
CORREIO VEÍCULOS

Teste da nova BMW R 1250 GS Adventure

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião