Terça, 12 de Dezembro de 2017

Google irá pagar US$ 2,7 milhões para hackers que encontrarem falhas críticas no Chrome OS

25 JAN 2014Por administradores04h:00

Hackers que conseguir encontrar uma falha extremamente crítica no sistema operacional Chrome OS irão receber o equivalente a um ano de salário do Google -- exatos US$ 2.718,28 milhões. O prêmio será parte da quarta competição anual de hacks, a Pwnium 4, que acontecerá no mês de março, em Vancouver, Canadá.

'Pwn' é um termo geek para designar o ato de invadir e controlar uma máquina; o número referente ao prêmio também tem um significado: é uma constante matemática utilizada para entender e escrever algoritmos.

Os valores individuais dos prêmios variam entre US$ 110 mil e US$ 150 mil. Os prêmios variam conforme os critérios do Projeto Chromium: "Iremos também considerar bônus significativos por demonstrações particularmente impressionantes ou descoberta de vulnerabilidades surpreendentes", informa a companhia em seu blog.

Empresas de tecnologia mais 'geeks' costumam realizar esse tipo de premiação frequentemente. Nesta semana, o Facebook pagou US$ 80 mil ao hacker brasileiro Reginaldo Silva através do programa "Facebook Bug Bounty". Ele relatou um erro por meio do qual programas externos poderiam ler arquivos do servidor da rede social, deixando margem para vazamento de informações dos usuários.

Leia Também