Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Google cria cérebro artificial capaz de detectar rostos em imagens distintas

Google cria cérebro artificial capaz de detectar rostos em imagens distintas
27/06/2012 03:00 - techtudo


O Google tem dentro da sede da empresa em Moutain View um laboratório de pesquisa chamado Google X, com vários projetos secretos. Um desses projetos foi divulgado pela empresa nessa terça-feira (26) e tem como objetivo simular um cérebro humano. Para isso, eles criaram um servidor neural, conectando mil computadores com 16 mil processadores no total e com acesso à Internet.

Os funcionários do Google resolveram testar as habilidades do computador com um teste simples: fizeram ele processar 10 milhões de capturas de tela de vídeos do YouTube. O resultado do experimento foi um computador neural que conseguiu, sozinho, aprender o que são gatos e identificá-los nas várias imagens.

Ele também conseguiu separar das imagens outros 20 mil itens distintos, algo que os pesquisadores garantem que tem pelo menos o dobro de precisão de qualquer algoritmo neural atualmente desenvolvido. A rede neural criada pelo Google é tão potente que, de acordo com David Bader, diretor de computação em alta performance da universidade Georgia Tech, disse que vai ser possível replicar um cortex visual de seres humanos até o final da próxima década.

Os pesquisadores rensponsáveis pelo experimento, liderados pelo cientista da Universidade de Stanford Andrew Y Ng, planejam apresentar detalhes do computador durante uma conferência que acontece essa semana na Europa.

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!