domingo, 15 de julho de 2018

Libertadores

Goleiros falham, Grêmio empata no Uruguai e fica bem para 2º jogo

27 JAN 2011Por Terra19h:44

Em uma partida marcada por falhas dos dois goleiros, o Grêmio conseguiu um bom resultado nesta quarta-feira diante do Liverpool (URU), no Estádio Centenário, pelo jogo de ida da Pré-Libertadores. O empate fora de casa por 2 a 2 faz com que os comandados de Renato Gaúcho possam até empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 na partida de volta, que será disputada no dia 2 de fevereiro, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

Com uma dose de sorte, André Lima e Douglas marcaram os gols do time gaúcho, que ficou por duas vezes à frente no placar, mas cedeu o empate aos uruguaios. Pelo lado dos anfitriões, Franco e Guevara balançaram as redes.

Com boa presença da torcida gremista, a partida começou acelerada em Montevidéu. Logo aos 6min, o time brasileiro abriu o placar na bola parada: após batida fechada de escanteio, o goleiro Castrou vacilou ao sair na bola e André Lima, na pequena área, cabeceou no travessão. A bola voltou, bateu no próprio arqueiro uruguaio e entrou.

André Lima quase fez seu segundo da noite no minuto seguinte ao mandar por cima do travessão um cruzamento de Lúcio, mas o Grêmio mal teve tempo de comemorar o gol. Com 8min, Franco bateu falta de muito longe, mas Victor se posicionou mal e deixou que o chute o encobrisse e balançasse as redes, deixando tudo igual no placar.

Os uruguaios se animaram com o empate e partiram para cima da equipe gaúcha, mas voltaram a ficar atrás em novo lance de bola parada. Aos 13min, Douglas levantou na área em cobrança de falta, André Lima passou pela bola e ela entrou direto no gol, enganando Castro, que novamente falhou na jogada. O árbitro, equivocadamente, anotou o gol para André Lima, que não chegou a encostar na bola.

A partida seguiu nervosa, mas aos poucos o Grêmio foi se assentando em campo e pressionando os donos da casa. Com 17min, Vilson desceu pela direita e bateu cruzado; Castro espalmou nos pés de André Lima, que bateu em cima da zaga. Na sequência, Júnior Viçosa mandou para fora no rebote.

Mesmo jogando melhor, o time tricolor voltou a sofrer o empate. Aos 25min, em nova batida de escanteio para a área, Guevara ganhou de cabeça e desviou no canto; o lateral Gilson, que estava posicionado junto à trave, não foi na bola e ainda atrapalhou o goleiro Victor, que não conseguiu impedir o segundo gol dos anfitriões.

O ritmo do jogo caiu nos minutos finais da primeira etapa e cada time teve uma chance. Primeiro, o Liverpool assustou com Franco, que recebeu passe de Alfaro na área e bateu com perigo para fora aos 36min. Depois, o goleiro Castro fez grande defesa em cabeçada de Júnior Viçosa, que desviou para o gol impedido após receber levantamento de Douglas.

O Grêmio voltou sem alterações do intervalo e quase fez o terceiro aos 2min. Lúcio dominou no peito, jogou a bola na frente e bateu forte para acertar a trave da equipe uruguaia. Aos 10min, porém, foi a vez de Victor se redimir do erro no primeiro gol ao praticar excelente defesa em finalização de Franco.

Insatisfeito com o time, Renato Gaúcho sacou Júnior Viçosa aos 13min para a entrada do estreante Vinícius Pacheco - que usou a camisa 7 que pertencia ao artilheiro Jonas, vendido ao Valencia, da Espanha. Porém, a partida ficou bem mais lenta na segunda etapa, com o Grêmio postado de forma mais defensiva.

O clima só foi esquentar aos 29min, com um princípio de confusão no gramado. Após batida de falta, Castro soltou a bola e André Lima tentou no carrinho; o atacante acertou o goleiro e os jogadores uruguaios não gostaram, criando um tumulto. Depois que os ânimos foram acalmados, o jogo teve poucas chances até o apito final e o placar não foi mais alterado.

FICHA TÉCNICA

 

Liverpool (URU) 2 x 2 Grêmio

Gols
Liverpool (URU): Franco, aos 8min, e Guevara, aos 25min do 1º tempo
Grêmio: André Lima, aos 6min e aos 13min do 1º tempo

Liverpool (URU)
Castro; Motta, Alvez, Souza e Montero; Felipe, Macchi, Figueredo (Silvera) e Franco (Figueroa); Guevara (Blanes) e Alfaro. Técnico: Eduardo Favaro

 

Grêmio
Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Gilson (Diego Clementino); Vilson, Fábio Rochemback, Lúcio e Douglas; Júnior Viçosa (Vinícius Pacheco) e André Lima (Lins). Técnico: Renato Gaúcho

Cartões amarelos
Liverpool (URU): Motta, Macchi, Blanes e Alfaro
Grêmio: Paulão, Gilson e André Lima

Árbitro
Carlos Torres (PAR)

Local
Estádio Centenário, Montevidéu (URU)

Leia Também