Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Goleiro holandês é condenado por possuir uma plantação de maconha

23 ABR 2011Por futebolinterior06h:00

O goleiro Gino Coutinho, do Den Haag, da primeira divisão do Campeonato holandês, foi julgado e culpado pela justiça da Holanda, por diverso delitos, o principal era que ele possuia uma plantação de maconha em sua fazenda. Junto com ele, sua namorada também acabou sendo condenada por um ano de prisão.

No mês de março, o pai do goleiro, Willian, havia sido condenado a dois meses por ajudar o seu filho a cuidar da plantação de maconha, que tinha mais de 4,2 mil pés. A fazenda está localizada em Ens, na província de Flevoland.

Além de ser condenado por plantar a droga, Gino Coutinho também estava envolvido em um caso de falsificação e lavagem de dinheiro. O julgamento aconteceu na última quinta-feira, que decidiram pela sua condenação.

Carreira
Gino Coutinho tem 28 anos e está no Den Haag desde a temporada de 2008, quando chegou para assumir a condição de titular. Ele já teve passagens por PSV, Den Bosch, NAC Breda e Vitesse, já defendeu a seleção holandesa sub21 e disputou o Mundial Sub20 em 2001.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também