quinta, 19 de julho de 2018

AMOR DECLARADO

Goleiro Felipe diz que 'sempre' foi Flamengo

30 DEZ 2010Por ESTADÃO00h:00

Apresentado oficialmente nesta quarta-feira como jogador do Flamengo, o goleiro Felipe tratou de deixar bem claro o seu amor pelo novo clube. "Sou carioca. Fui para Salvador pequeno, quando criança, mas sempre fui flamenguista", explicou o reforço, que passou pelos exames médicos e assinou contrato de um ano.

Atualmente com 26 anos, Felipe teve uma passagem marcante pelo Corinthians, onde ficou três anos. Saiu de lá após desavenças com a diretoria, seguindo neste segundo semestre para o Braga, de Portugal. Mas, com a proposta do Flamengo, resolveu voltar ao futebol brasileiro, em negócio que foi fechado há duas semanas.

"Lógico que tenho um carinho muito grande pelo Corinthians, mas a partir de hoje sou flamenguista de fato", comemorou Felipe, que tentou minimizar a fama de polêmico. "Problema todo mundo tem. Nunca fui santo nem vou ser, mas também não sou tudo isso que falam. Se você for bem no campo, as pessoas que não gostam têm de aturar."

Durante a entrevista coletiva, Felipe também falou sobre o polêmico lance pelo Brasileirão de 2009, quando ainda jogava no Corinthians e aparentemente não se esforçou para defender um pênalti na derrota por 2 a 0 para o Flamengo. "Escolhi ficar no meio para pegar o pênalti. Não ajudei o Flamengo. Queria ajudar o Corinthians. Se eu pegasse o pênalti, o jogo terminaria 1 a 0", explicou o goleiro.

Além de Felipe, outro reforço contratado pelo Flamengo passou por exames médicos nesta quarta-feira. Foi o meia Vander, revelação do Bahia de apenas 20 anos, cuja apresentação oficial ficou para a semana que vem. Antes deles, o clube carioca já tinha acertado com o meia argentino Dario Botinelli, que veio da Universidad Católica (Chile).

Leia Também