Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

Goleiro dos gols de cabeça, critica Ceni após 100º gol

3 ABR 2011Por r710h:03

O que é mais difícil como goleiro, marcar 100 gols de falta e pênalti ou dois de cabeça? Após o Brasil reverenciar o são-paulino Rogério Ceni pela marca obtida na vitória contra o Corinthians, no domingo (27), uma voz surgiu para reivindicar um reconhecimento maior.

Hiran, goleiro do Linhares-ES e que vai completar 40 anos em 2011, não quer tirar o mérito de Ceni, mas pede um reconhecimento especial pelos dois gols de cabeça que marcou em sua carreira. Em 1997, pelo Guarani, ele empatou uma partida contra o Palmeiras em 3 a 3 no estádio Brinco de Ouro, após marcar de cabeça no então goleiro Velloso, aos 48min do segundo tempo.

Dois anos depois, pelo Campeonato Paulista de 1999, voltou a tentar o ataque em uma partida entre Santo André e Juventus, no estádio Bruno José Daniel. Resultado: outro gol de cabeça.

- Gostaria que as pessoas se lembrassem dos acontecimentos que entraram para a história. Quem estava no Brinco de Ouro e viu o que eu fiz ficou abismado. Você vê no YouTube o pessoal me agradecendo. Só quem estava no estádio sabe o que foi. Eu fico realmente chateado. É uma coisa difícil de acontecer [goleiros marcarem de cabeça]. Gol de falta é algo que acontece toda hora.

De acordo com Hiran, que tem dois metros de altura, a dificuldade em marcar de cabeça deveria contar como muitos gols de falta ou pênalti. Contra o Palmeiras, ele ganhou pelo alto de Velloso, Cléber e Luizão para marcar.

- É mais difícil você fazer de cabeça. Você vê goleiro fazendo gol de falta a torto e a direito. Em qualquer lugar por aí goleiro faz gol de falta, vira e mexe goleiro faz gol de falta. Ser o único do mundo a marcar duas vezes de cabeça deveria ser mais reconhecido.

Hiran confessou que chegou a se informar sobre o processo de inscrição de feitos para o Guinness, o Livro dos Recordes, mas desistiu depois de perceber que seria muito difícil ser reconhecido como único goleiro a marcar dois gols de cabeça na história.

Hiran disse ter feito 18 gols de falta em um campeonato de aspirantes e lembrou que quase marcou dessa maneira em Velloso, na mesma partida em que fez de cabeça.

- Na minha opinião, meu feito é maior [do que os 100 gols de Ceni]. Não tirando o mérito do Rogério, ele é um cara capaz, mas fazer dois gols de cabeça profissionalmente, é muito difícil. Sou o único no mundo que fez dois. Até me questiono por que não estou no Guinness. Qualquer coisinha por aí e nego ganha uma citação no Guinness.

Há três anos no Linhares, após passar sete temporadas longe do futebol, Hiran quer encerrar a carreira em 2011, mas disse que os dirigentes do clube estão tentando convencê-lo a jogar até o fim de 2012.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também