Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Goleiro Bruno reconhece filho de Eliza

20 JUN 12 - 07h:00band

O ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza entrou com os documentos para reconhecer o filho que teve com a modelo Eliza Samúdio. A moça desapareceu depois que teve o filho. Bruno segue preso acusado de ter encomendado a morte da ex-namorada.

Segundo Rui Pimenta, advogado do atleta, em aproximadamente 15 dias, a certidão de nascimento da criança deve estar com o nome do pai. "O juiz da 3ª Vara da Família, em João Pessoa, vai mandar a documentação para cartório e em duas semanas o Bruninho já vai estar com o nome do pai", afirmou.

"Deus escreve certo por linhas tortas. Tem tanto pai que não reconhece o filho por aí, Bruno pensou e agiu diferente", completou.

Prisão

No início do mês, o MPF (Ministério Público Federal) divulgou que o parecer enviado em fevereiro ao STF (Supremo Tribunal Federal), sobre o pedido de habeas corpus ao goleiro Bruno, é contrário à libertação do atleta. A instituição acredita que Bruno representa um perigo para a ordem pública.

"Sua extrema periculosidade, denotada no modus operandi que teria empregado para praticar os vários crimes, perpetrados com requintes de crueldade e frieza, em verdadeira afronta à ordem pública e ultraje a vida do ser humano, além do total desrespeito aos poderes repressivos do Estado", diz o documento assinado pela subprocuradora-geral da República Cláudia Sampaio Marques.

Bruno está sob prisão preventiva, em Minas Gerais, pelo desaparecimento da modelo Eliza Samúdio. A sua defesa alega, porém, que o período máximo de duração deste tipo de medida é de seis meses. O atleta luta pelo direito de aguardar o julgamento em liberdade.

O goleiro também cumpria pena por cárcere privado e lesão corporal da mesma Eliza Samúdio, mas recentemente ele conseguiu liberdade condicional neste processo. Caso consiga o hapeas corpus no caso do desaparecimento da modelo, Bruno estará temporariamente livre da prisão, podendo voltar aos gramados, caso algum clube queira contratá-lo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

REUNIÃO DO G20

Japão propõe mecanismo internacional para descarte de resíduo nuclear

CUIABÁ

Tribunal condena militar que tentou vender 120 quilos de carne do batalhão

GÁS NATURAL

Petrobrás faz a maior descoberta desde o pré-sal, em Sergipe e Alagoas

Prefeitura abre nesta segunda inscrições para dois processos seletivos
CAMPO GRANDE

Prefeitura abre segunda inscrições para dois concursos

Mais Lidas