Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

MONTADORA

GM e Sindicato dos Metalúrgicos não chegam a acordo

25 JUL 12 - 17h:25agência brasil

pós três horas de reunião mediada pelo Ministério do Trabalho, a General Motors (GM) e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos não chegaram a um acordo sobre o futuro da fábrica da GM no município.

A montadora vem, gradualmente, transferindo a sua produção local para unidades localizadas em outras regiões do país. O sindicato diz que o processo poderá causar a demissão de até 1,5 mil trabalhadores.

A GM informou, por meio de sua assessoria, que a partir de hoje (25) a fábrica de São José, que era responsável pela montagem de quatro modelos, passou a produzir apenas o Classic. Com a diminuição da produção, a empresa admite um excedente de mão de obra, mas não precisou quantos trabalhadores poderiam ser dispensados.
Ainda de acordo com a GM, ficou acertado que nem a empresa, nem o sindicato, tomarão qualquer medida até a nova reunião, marcada para o dia 4 de agosto.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com recursos federais, governo vai reformar praça por R$ 405,3 mil
OBRAS

Com recursos federais, governo vai reformar praça por R$ 405,3 mil

Professores buscam melhores oportunidades em prova para temporários
SELEÇÃO

Professores buscam melhores oportunidades em prova para temporários

Projeto social que ensina balé para crianças está com inscrições abertas
ARTE

Projeto social que ensina balé para crianças está com inscrições abertas

Novo partido não usará fundo eleitoral sancionado, diz Bolsonaro
ALIANÇA PELO BRASIL

Novo partido não usará fundo eleitoral sancionado, diz Bolsonaro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião