Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DESTAQUE

Gisele brilha no desfile da Vila Isabel

Gisele brilha no desfile da Vila Isabel
07/03/2011 09:10 - FOLHA


A Vila Isabel, penúltima escola a desfilar na Sapucaí, encheu seus integrantes de perucas para contar a história do cabelo. Foram usados cerca de 800 kg de cabelo sintético. Várias celebridades desfilaram com apliques. Com cabelos naturais, a bela Gisele Bündchen desfilou no último carro da escola esbanjando carisma. Com o enredo "Mitos e Histórias Entrelaçadas pelos Fios de Cabelo", a escola apresentou o tema encomendado pela marca Pantene.

Uma dos grandes destaques da Vila Isabel foi a comissão de frente, que tinha uma ninfa que se transformava em uma Medusa após uma maldição. Os integrantes seguravam nas mãos as serpentes que saiam da cabeça da Medusa, que veio em forma de alegoria e era sustentada por quatro homens. Cada cobra pesava 10 kg e tinha os movimentos comandados por um chip.

O abre-alas falava de um mito indiano sobre a criação do universo a partir dos cabelos do deus Shiva. Além do deus Shiva, personagens como Sansão, Dalila e Rapunzel fizeram parte da apresentação.

A bateria fez as famosas paradinhas durante sua apresentação. Na frente dos ritmistas estava a apresentadora Sabrina Sato, que foi a rainha da bateria.

Uma das alegorias mostrou o castelo da bruxa da Rapunzel, que tinha um príncipe puxando as tranças. Rapunzel é um famoso conto infantil dos irmãos Grimm, onde uma bruxa mantém Rapunzel prisioneira em uma imensa torre, quando um príncipe decide salvá-la usando as tranças de cabelo como se fossem cordas.

Fora do mundo encantando, a escola também mostrou quando os escravos que trabalhavam nos garimpos das minas escondiam ouro nos cabelos.

Outras alegorias e alas relembraram as perucas usadas em Versalhes e a cerimônia dos índios do Arizona (EUA), que cortavam os cabelos de forma coletiva durante o inverno para não perder a força.


 

Felpuda


Mensagens trocadas por aí mostram que deverá “virar moda” políticos anunciarem que testaram positivo para a Covid-19. E sem medo de dizer que isso é porque o presidente Jair Bolsonaro anunciou ter sido infectado, e aí essa tchurminha estaria interessada também em ganhar holofotes. Porém, ressaltam que, como não se pode duvidar de coisa séria, o jeito é desejar “restabelecimento”. E não deixam de lembrar que o risco é a população descobrir que não fazem a menor falta. Essa gente...