Sexta, 15 de Dezembro de 2017

ELEIÇÕES 2014

Giroto descarta ser governador para ajudar Malta

20 FEV 2014Por DA REDAÇÃO00h:00

O secretário estadual de Obras Públicas e Transportes, deputado federal licenciado Edson Giroto (PR), afastou ontem a possibilidade de concorrer ao governo do Estado para montar palanque do pré-candidato a presidente da República, senador Magno Malta (ES). Ele deve continuar trabalhando com o governador André Puccinelli (PMDB) até quando permanecer no cargo. A reportagem está na edição de hoje (20) do jornal Correio do Estado.

Giroto estranhou a iniciativa de Malta de se lançar na corrida presidencial sem decisão prévia do partido. Para Giroto, não há como o PR mudar o rumo em Mato Grosso do Sul na fase de negociações políticas com outros partidos. Além disso, segundo ele, o PR precisa buscar alternativa para se fortalecer com a eleição de bancada na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados numa aliança de partidos.

Segundo a reportagem de Adilson Trindade, Giroto explicou ainda dificuldade de sair candidato a governador no momento em que está encarregado pelo governador André Puccinelli de executar várias missões. O tempo, segundo ele, é curto. Ele comanda a execução de programa de R$ 3 bilhões de obras do MS Forte. 

Leia Também