Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Gestora lança fundos que investem no exterior

11 JAN 14 - 11h:30FOLHAPRESS

A gestora de recursos Santander Asset Management lançou, terça-feira, dois fundos multimercados que mesclam investimentos em diversos ativos, como câmbio, ações e renda fixa que destinam até 20% de seus investimentos para a compra de cotas de fundos de ações no exterior. A empresa tem 50% de participação do banco Santander. A outra metade pertence à empresa de private equity (que compra participações acionárias em outras companhias) Warburg Pincus e à companhia de investimentos General Atlantic. Segundo Luciane Ribeiro, diretora da Santander Asset Management, a aposta nesse tipo de produto é motivada pela instabilidade prevista para o mercado brasileiro em 2014. "Há dúvidas se a retirada de estímulos do Federal Reserve (Fed, banco central americano) pode acelerar ou não e também questões internas no Brasil", afirma, citando como exemplo a questão fiscal e o fato de 2014 ser ano eleitoral no país.

A melhor estratégia contra a incerteza com o mercado doméstico é diversificar riscos. O multimercado é um tipo de produto que permite essa diversificação, pois o gestor pode destinar parte dos recursos para renda fixa, ações e até derivativos (contratos que derivam de outros ativos e têm vencimento futuro). Os dois fundos lançados são destinados ao chamado varejo de alta renda, ou seja, focam nos clientes dos segmentos Select (com R$ 10.000 de renda e R$ 30 mil em investimentos ou R$ 200 mil em investimentos) e Van Gogh (R$ 4.000 de renda ou R$ 40 mil em investimentos). Ambos possuem aplicação inicial de R$ 10.000 e taxa de performance de 20%, cobrada sobre a parcela da rentabilidade do produto que superar a variação de um determinado índice de desempenho.

O que difere os dois produtos é a taxa de administração cobrada e as características de investimento de cada um deles. O FI Global Multimercado, por exemplo, é destinado segmento Select e poderá ter em sua carteira até 20% de cotas de fundos de ações de regiões como Estados Unidos, Europa, Ásia e países emergentes. A taxa de administração é de 1,8% ao ano. Já o FI Diversificação Global Van Gogh Multimercado destina até 15% para a compra de cotas de fundos de ações de regiões como Estados Unidos, Europa, Ásia e países emergentes. A taxa de administração cobrada é de 2%. Ribeiro acredita que já no primeiro trimestre cada um desses fundos poderá captar até R$ 300 milhões. A Santander Asset Management encerrou o ano de 2013 com R$ 125 bilhões de recursos sob gestão.

Investimentos

Além dos multimercados, a diretora da Santander Asset Management e Ricardo Denadai, economista-chefe da gestora, recomendam ao pequeno investidor manter parte dos recursos em fundos DI, especialmente os que possuem em sua carteira crédito privado de boas empresas. "A remuneração é maior por causa do risco de crédito da empresa", afirma Ribeiro.
Os fundos com gestão ativa ou seja, aqueles em que o gestor muda a aplicação de recursos de acordo com o desempenho do mercado também são uma escolha interessante para este ano. "Eles dão mais flexibilidade e os gestores podem se adequar melhor à volatilidade do mercado", afirma Denadai.

A própria diversificação de ativos no exterior é uma estratégia baseada no entendimento de que as Bolsas de EUA e Europa têm melhores perspectivas do que o Ibovespa, o principal índice da Bolsa brasileira. "Por isso, fundos menos indexados (ou seja, que não são atrelados a algum índice) são melhores que os indexados este ano", ressalta o economista-chefe da gestora. "O cenário macro justifica o pessimismo com o Ibovespa. Mas achamos que o espaço para novas decepções é menor", completa.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Conmebol pune atraso do Flamengo e suspende Abel Braga por 1 jogo na Libertadores
FUTEBOL 2019

Conmebol pune atraso do Flamengo e suspende Abel Braga por 1 jogo na Libertadores

BRASIL

Carlos Bolsonaro volta a criticar Mourão: está 'no último suspiro de vida'

Moradores ensacam terra para acessar casas em via sem pavimentação
IMPROVISO

Moradores ensacam terra para acessar casas em via sem pavimentação

Conselho de agrotóxicos elabora plano para controle de pragas em MS
CORREIO RURAL

Conselho de agrotóxicos elabora plano para controle de pragas em MS

Mais Lidas