Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

guloseimas

'Geladeira calórica' é só para as crianças

16 JAN 2011Por Rose Rodrigues, de Três Lagoas, fernanda brigatti, da redação 00h:00

A vice-governadora Simone Tebet trouxe de Três Lagoas o hábito de ter dezenas de canetinhas coloridas espalhadas sobre a mesa, usadas para anotações em projetos, e a geladeira cheia de guloseimas. Balas, refrigerantes e bombons não podem faltar. Nos cinco anos em que foi prefeita de Três Lagoas, as crianças que visitavam o gabinete sempre recebiam como agrado um doce ou um refrigerante. "Pretendo continuar essa prática por aqui, mas só para crianças, porque não quero atrapalhar a dieta de ninguém, nem a minha", brincou.

Apesar da geladeira calórica, Simone mantém uma alimentação saudável, come pouca carne vermelha e dispensa gordura. Pães e queijos são mais comuns no dia a dia da vice-governadora.

Na rotina dela, nada de cafeína. Apenas água, muita água, e chás. Aos convidados, cappuccino. O único exagero a que se permite é o consumo de chocolate, que sempre tem à mão, no carro, no gabinete. Além dos chocolates, castanhas também "acompanham" Simone.

O toque feminino na governadoria fica ressaltado na preocupação com a harmonia do local de trabalho. "Acho que o ambiente é muito importante no nosso dia a dia e procuro sempre estar feliz onde quer que esteja, mas também tenho certeza que as atitudes mais comuns nas mulheres, como a sensibilidade e a humanização, também deixam uma marca importante", concluiu.

 Discrição
Simone Tebet é uma mulher discreta. As roupas seguem tons sóbrios e monocromáticos e são compradas por ela. A maquiagem, sempre baseada em cores básicas, como marrom, preto e rosa, é feita por ela, diariamente, que dispensa um maquiador. Nem na campanha Simone aceitou ser maquiada por um profissional. Os cabelos, escuros e ondulados, recebem escova "de vez em quando", sempre no mesmo salão.

A rotina familiar também é avessa a exposições. Simone não marca compromissos após às 19 horas e só sai de casa à noite em situações excepcionais. A decisão pretende garantir a convivência com a família, que agora se muda para Campo Grande de "mala e cuia".

Apesar de todo o cuidado com o ambiente de trabalho, Simone garante que a a presença feminina na governadoria não vai se restringir à decoração. Na prefeitura de Três Lagoas, ela implantou a Clínica da Mulher e no Estado também promete criar políticas voltadas às mulheres. (RR/FB)

Leia Também