Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

janeiro

Gastos de turistas no exterior caem

21 FEV 14 - 14h:18Agência Brasil

A elevação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente nos saques e pagamentos diretos feitos no exterior reduziu o gasto de turistas brasileiros. Segundo números divulgados hoje (21) pelo Banco Central, as despesas em viagens internacionais somaram US$ 2,120 bilhões no mês passado. O valor é 7,8% menor que os US$ 2,299 bilhões desembolsados pelos turistas brasileiros em dezembro.

A queda ocorre depois que o governo adotou medidas para conter os gastos de brasileiros em outros países. O IOF sobre os pagamentos em moedas estrangeira com cartão de débito, carregamento de cartões pré-pagos, compras de cheques de viagem e saques em moeda estrangeira no exterior passou de 0,38% para 6,38%. Essas transações passaram a ter o mesmo tratamento das compras com cartões de crédito internacionais, que pagam alíquota de 6,38% desde 2011.

A retração dos gastos de brasileiros no exterior em janeiro ocorre depois de essas despesas terem registrado recorde histórico em 2013, mesmo com a disparada do dólar. No ano passado, os desembolsos de turistas brasileiros em outros países somaram US$ 25,342 bilhões, alta de 14% na comparação com os US$ 22,23 bilhões gastos em 2012.

Descontando os gastos de turistas estrangeiros no Brasil, que somaram US$ 643 milhões no mês passado, a conta de viagens internacionais fechou janeiro com déficit de US$ 1,478 bilhão. O resultado agrava o rombo nas contas externas, que atingiu US$ 11,591 bilhões no mês passado e registrou o pior resultado mensal da história.

A conta de viagens internacionais entra no balanço de serviços, um dos componentes das contas externas, com a balança comercial (diferença entre exportações e importações de bens) e a conta de rendas (que engloba remessas de lucros e pagamentos de juros ao exterior). Também fazem parte das contas externas as transferências unilaterais (que inclui remessas de emigrantes para o Brasil e doações internacionais).

No ano passado, a conta de viagens internacionais teve déficit de US$ 18,632 bilhões, o pior resultado da história. Apesar da Copa do Mundo, que atrairá turistas estrangeiros ao Brasil, o Banco Central projeta déficit de US$ 19 bilhões em 2014 para essa rubrica.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BR-262 deve receber reformas com investimento de R$ 22 milhões
EMENDAS

BR-262 deve receber reformas com investimento de R$ 22 milhões

Sucesso no Youtube, Nathalia Arcuri comanda "reality show" financeiro na tevê
TELEVISÃO

Sucesso no Youtube, Nathalia Arcuri comanda "reality show" financeiro na tevê

Filho de homem que roubou dinheiro de campanha morre em BH
JOÃO MIGUEL

Filho de homem que roubou dinheiro de campanha morre em BH

Câmara aprova dois projetos de amparo aos autistas
INCLUSÃO

Câmara aprova dois projetos de amparo aos autistas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião