Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

chateação

Ganso revela mágoa e critica diretoria do Santos

12 JAN 2011Por SANTOS, SP00h:00

O meia do Santos Paulo Henrique Ganso não esconde a chateação com o time da Vila Belmiro. O jogador desabafou no início da tarde de ontem em entrevista coletiva concedida no CT Rei Pelé, e criticou os dirigentes santistas por não ter recebido aumento salarial durante o período em que esteve em tratamento no clube.

No fim de agosto, o Santos ofereceu a Ganso projeto semelhante firmado com Neymar. O meia recusou a proposta por não entender ser benéfica financeiramente, e desde a recusa, segundo o jogador, não foi mais procurado pelos dirigentes.

"Parece que não querem me valorizar. Você fica cinco meses sem saber que não foi valorizado por tudo que já fez pelo clube é complicado. Acho que se não houvesse a contusão, posso dizer sem dúvida que isso já estaria resolvido. Hoje eu teria tudo acertado para uma renovação", disse Ganso.

Mesmo após a lesão ligamentar no joelho esquerdo sofrida no fim de agosto, Ganso seguiu sendo especulado no mercado europeu. O boato mais recente, de que a Inter de Milão-ITA estaria interessado no meia, reforçou a incompreensão do meia ao fato de não ter recebido aumento no Santos.

"É engraçado falar que a Inter, a atual campeão do Mundo, está interessada no meu futebol mesmo eu estando machucado, e saber que o Santos praticamente não me valorizou. Bom saber que grandes times estão me querendo, mas ainda não pensei em sair do Santos. Quero conquistar mais títulos aqui", frisou o jogador que atualmente ganha cerca de R$ 150 mil da equipe santista.

Leia Também