Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

fome de bola

Ganso quer jogar na estreia da Libertadores

13 JAN 2011Por Santos, SP00h:00

 

Embora o treinador Adilson Batista tenha declarado que Paulo Henrique Ganso estará fora da estreia na Libertadores, dia 15 de fevereiro, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela, o jogador pensa diferente.
“Estou projetando a minha volta para a estreia na Libertadores. Lógico que depende dos médicos e do próprio Adilson uma avaliação final, e eu não quero apressar nada. Só que já me sinto seguro para falar isso”, disse Ganso.
O meia ainda não completou cinco meses de recuperação de uma cirurgia ligamentar no joelho esquerdo. A data prevista pelos médicos, e trabalhada pelo treinador, para o retorno é dia 28 de fevereiro, quando completa seis meses de tratamento.
Caso seja mantida a previsão de Adilson, Ganso só voltará a atuar no segundo jogo da competição continental, dia 3 de março, na Vila Belmiro, diante do vencedor da pré-Libertadores entre Deportivo Petare (Venezuela) e Cerro Porteño (Paraguai).
“A gente sabe que tem um período de cicatrização do ligamento, e isso que preciso respeitar. Mas posso voltar agora a treinar normalmente com o grupo. Se dependesse da minha vontade já estaria no campo hoje”, destacou o meia, que passa por intensa rotina de exercícios fisioterápicos no CT Rei Pelé.
“O tempo que eu não faço fisioterapia, eu descanso. À tarde faço fisioterapia de novo, e à noite faço gelo em casa. Não tenho muito tempo para distração, mas faço isso com gosto, pois quero jogar logo”, comentou Ganso.

Leia Também