Terça, 20 de Fevereiro de 2018

SANTOS

Ganso diz não ao projeto de carreira no clube

21 OUT 2010Por Lancenet10h:48

No dia 19 de agosto, o Santos oficializou com pompa o "não" de Neymar ao Chelsea (ING). O clube, à época, comemorou a permanência da Joia, motivado por um "projeto inovador". Quase dois meses depois, porém, o Peixe admite, sem qualquer alarde, o "não" de Ganso ao mesmo projeto de carreira. As negociações melaram!

A decisão foi tomada pelo staff do meia, que encerrou as conversas por não chegar a um acordo com o Alvinegro. Conforme o LANCE!NET noticiou ontem, a família do camisa 10 discorda, principalmente, da cessão de 30% dos direitos de imagem do jogador para o clube. Ganso, hoje, possui 100%.

Em troca de parte da imagem, o atleta receberia R$ 1,5 milhão por ano, condicionado ao acerto com um patrocinador. Uma oferta pouco vantajosa, já que Ganso fatura mais com a sua imagem.

A diretoria do clube não recorrerá ou tentará marcar novos encontros, não tem mais volta.

– Infelizmente os representantes legais dele deram as negociações por encerradas. Temos que respeitar e acatar esta decisão, ainda que não entenda, até porque isso o prejudica financeiramente – alegou Pedro Luiz Conceição, diretor de futebol.

O argumento do dirigente se baseia no fato de que Ganso continuará com os mesmos termos contratuais, ou seja, com vínculo até 28 de fevereiro de 2015 e salário de R$ 130 mil.

Mesmo assim, o Peixe pode enfrentar dificuldades nas próximas janelas de transferências para segurar o camisa 10, já que sua situação não será tão vantajosa.

Um indício é o próprio Chelsea. O LANCE!NET apurou que, após fracassar na tentativa pela Joia, o clube inglês sondou a situação contratual do meia, mas não formalizou uma proposta devido o alto valor da multa – 50 milhões de euros (R$ 115 milhões). A investida seria exatamente a mesma feita para ter Neymar, 35 milhões de euros (R$ 81,9 milhões).

A reportagem procurou o Grupo DIS, por meio de Thiago Ferro, diretor executivo, presente aos encontros para a renovação.

– O Paulo permanece com contrato vigente com o Santos até fevereiro de 2015 e isso não será alterado – limitou-se a dizer.

E agora, quem saiu ganhando?
 

Leia Também