segunda, 16 de julho de 2018

NATURAL

Furacão se dirige ao Haiti e país pode ter novo desastre

5 NOV 2010Por ESTADÃO13h:47

O furacão Tomas se dirige hoje para o Haiti com fortes chuvas, ameaçando o país com mais um desastre. Autoridades agiam para retirar milhares de pessoas de campos de refugiados. Muitas resistiam a deixar suas casas mesmo com o aumento da força da tempestade, que pode varrer milhares de tendas em que elas têm vivido. Essa área fica perto da zona no oeste do país caribenho, onde atualmente ocorre uma epidemia de cólera.

"Minhas irmãs e meus irmãos, deixem as zonas que estão em risco, eu imploro a vocês", disse o primeiro-ministro Jean-Max Bellerive na televisão. "Haverá chuvas e ventos por todo o país. Não sejam teimosos. Saiam se vocês estão em um abrigo frágil."

Pela previsão, o epicentro do Tomas deve passar hoje perto do oeste do Haiti ou do leste de Cuba, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA, sediado em Miami (NHC, na sigla em inglês). É possível que o fenômeno ganhe força hoje, perdendo velocidade a partir de amanhã, notou o NHC. O centro dos EUA advertiu que as fortes chuvas podem causar enchentes e deslizamentos.

O Tomas ameaça o empobrecido país, que sofre com uma epidemia de cólera que já matou 442 pessoas. A Cruz Vermelha Americana notou que o furacão poderia dificultar o esforço para controlar os casos da doença em campos de desabrigados. Antes da chegada da tempestade, uma pessoa morreu tentando cruzar um rio cheio com um veículo, disse o ministro do Interior, Paul Antoine Bien-aime.

O furacão Tomas matou 14 pessoas em Santa Lúcia, depois perdeu força e se tornou uma depressão tropical. Agora, voltou a ganhar força e segue para o Haiti. O fenômeno estava com ventos máximos sustentados de 135 quilômetros por hora. As informações são da Dow Jones.

Leia Também