sexta, 20 de julho de 2018

EVENTO

Fundtur divulga 3º Salão de Turismo nos municípios

9 FEV 2011Por DA REDAÇÃO10h:50

 A partir da próxima terça-feira (15), até sexta (18), a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul visita as regiões da Grande Dourados, Bonito/Serra da Bodoquena, Caminhos dos Ipês e Pantanal para divulgação da Feira Internacional e o 3º Salão de Turismo. A Fundação tem uma agenda programada de visitas às dez regiões turísticas do Estado, na qual apresentará e divulgará a estrutura e organização do evento. As regiões apresentarão seus roteiros turísticos na terceira edição do Salão de Turismo.

Na oportunidade, a diretora presidente, Nilde Brun, esclarecerá sobre a nova Lei Nacional do Turismo regulamentada no ano passado. A lei busca o desenvolvimento e estrutura do turismo no País. “A lei estabelece as atribuições das instâncias responsáveis pelo planejamento, desenvolvimento e estímulo ao setor turístico, além das regras para cadastramento, classificação e fiscalização dos prestadores de serviços turísticos. Disciplina ainda as atividades das empresas do setor”, acrescenta. Segundo Nilde, a Fundação de Turismo fará um trabalho de orientação e disseminação da legislação em todos os municípios e diretamente aos empresários. A Fundação de Turismo é o órgão oficial de fiscalização, também responsável pelo cumprimento das normas definidas.

O Salão de Turismo é o maior evento turístico do Estado e é uma excelente oportunidade de negócios, promoção e divulgação dos roteiros turísticos das regiões, além de proporcionar um contato direto com o público. Segundo a diretora-presidente da Fundação, o evento pretende mobilizar a população sul-mato-grossense, os municípios e empresários do setor para promover e valorizar as riquezas naturais. “Nosso turismo é diversificado e extraordinário que envolve cultura, lazer e negócios. Temos uma incrível gastronomia, artesanato envolvente e lindas paisagens, e o Salão de Turismo tem o papel fundamental de, num só espaço, estimular nossa população a conhecer nossas belezas, além de promover e fomentar nosso turismo nacional e internacionalmente”, disse.

A Fundação de Turismo, por meio do gerente de Políticas e Programas para o Desenvolvimento do Turismo, Silvio Carlos Pereira, tem desenvolvido importantes ações que fomentam o turismo das regiões do Estado, através de planos estratégicos de desenvolvimento, estruturando os destinos turísticos. No setor de Programa de Regionalização os interlocutores desempenham projetos de assessoramento que visam consolidar as rotas turísticas, ou estruturar as possíveis.

Os interlocutores do Programa de Regionalização estarão presentes nas reuniões nos municípios, representando a Grande Dourados a interlocutora, Cristiane Ferrari, GeanCarlo de Lima Merigue, interlocutor da Regiã de Bonito-Serra da Bodoquena e Caminhos dos Ipês, Jaqueson Mário Borges Santos, da Região do Pantanal.

Confira abaixo a programação:

15/02 Dourados
16/02 Bonito

17/02 Miranda
18/02 Campo Grande

Evento:

A Feira Internacional e 3º Salão de Turismo de Mato Grosso do Sul acontecem de 8 a 12 de junho, no Pavilhão Albano Franco, na Capital, com entrada franca.

Dez Regiões turísticas:

Caminho dos Ipês – Ribas do Rio Pardo, Nova Alvorada do Sul, Campo Grande, Jaraguari, Terenos, Rochedo, Corguinho, Rio Negro, Sidrolândia, Dois Irmão do Buriti;

Atrativos: Prédios históricos, parques urbanos, pousadas, pousadas rurais, pesqueiros e balneários.

Bonito - Serra da Bodoquena – Bodoquena, Bonito, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Bela Vista, Nioaque, Caracol, Porto Murtinho;

Atrativos: Balneários públicos e privados, Rio Formoso, Rio da rata, dolinas, lagoas, grutas, abismos, flutuação e mergulho em águas cristalinas, circuito de arvorismo, trilhas, rapel, cachoeiras, cavernas, Rio Paraguai, torneios de Laço Comprido e pontos históricos da Retirada da Laguna (maior epopeia bélica do Exército Brasileiro).

Caminhos da Fronteira – Amambai, Antonio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Laguna Carapã, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas, Tacuru;

Atrativos: Contexto histórico ligado à Guerra da Tríplice Aliança, magníficas quedas d’água, rios de águas, rios de águas cristalinas, trilhas, grande diversidade da fauna e flora, formando um exuberante cenário ecológico.

Cone sul – Juti, Naviraí, Itaquiraí, Iguatemi, Eldorado, Japorã, Mundo Novo;

Atrativos: Parque Nacional de Ilha Grande, Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema e Parques naturais municipais, bosques, cachoeiras, praias de água doce, museu e festas.

Grande Dourados – Maracaju, Rio Brilhante, Douradina, Itaporã, Deodápolis, Glória de Dourados, Fátima do Sul, Dourados, Vicentina, Caarapó;

Atrativos: Exposições agropecuárias, eventos, pesqueiros, aldeia indígena, parques urbanos, prédios históricos e balneários.

Vale das Águas – Angélica, Batayporã, Ivinhema, Jateí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Taquarussu;

Atrativos: Unidades de conservação, pesqueiros, sol e praias de água doce.

Costa leste – Aparecida do Taboado, Selvíria, Três Lagoas, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu, Anaurilândia;

Atrativos: Sol, praias do Rio Sucuriú e Paraná, pesca nos rios Paraná, Verde, Sucuriú, Pardo e nos grande lagos balneários, públicos e privados, Usinas hidroelétricas, marinas, áreas rurais e industriais.

Rota norte – Bandeirantes, Camapuã, São Gabriel d´Oeste, Rio Verde, Coxim, Pedro Gomes, Sonora, Figueirão, Alcinópolis, Costa Rica;

Atrativos: Nos Rios Coxim, Correntes, Piquiri, Sucuriú e Taquari, belas cachoeiras intactas e preservadas, riachos, córregos, ribeirões e piscinas naturais, rochas de milhões de anos lapidadas pelo vento, sítios arqueológicas, grutas com inscrições rupestres, serras, morros, cânions e cupins luminosos.

Pantanal – Corumbá, Miranda, Aquidauana, Ladário, Anastácio;

Atrativos: Observação da fauna e flora, safári, fotográfico, cavalgadas, culinária pantaneira, passeios a cavalo, passeios de barco, pesca e pousadas pantaneiras.

Vale do Aporé - Paranaíba, Cassilândia, Inocência, Água Clara, Chapadão do Sul.

Atrativos: Fazendas agrotecnológicas, eventos regionais e culturais, boia-cross, balneários, pesqueiros, cachoeiras, praia de água doce, trilhas, prédios histórios e museus.

Leia Também