Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

DOURADOS

Funcionários fecham posto de saúde e esquecem mulher na inalação

7 AGO 2012Por DA REDAÇÃO17h:30

Eliane Silva Reis foi esquecida ontem (06) na sala de inalação do posto de saúde do Jardim Ouro Verde, em Dourados.

Os funcionários foram embora e ela ficou presa dentro do posto. A mulher só conseguiu sair do local depois de abrir uma das janelas do posto e gritar por socorro. Assim que ficou sabendo do incidente, a prefeitura determinou o afastamento de toda a equipe da unidade de saúde.

Com problemas respiratórios, Eliane procurou o posto de saúde por volta das 16h. Após ser atendida pela equipe médica, ela foi encaminhada à sala de inalação. O tempo passou, começou a escurecer e a paciente estranhou que ninguém veio desligar o inalador.

Por conta própria ela resolveu desligar o aparelho e saiu da sala. Porém, o posto já estava fechado e os funcionários tinham ido embora. Desesperada, Eliane ligou para o marido, que estava no trabalho.

Ela chegou a abrir uma das janelas do posto, que dá acesso a um corredor, ao lado da rua, e passou a pedir socorro. Populares que passaram pelo local viram a mulher presa e chamaram a Guarda Municipal. O responsável pelo posto voltou ao local de trabalho e abriu a porta.

Nervosa e chorando, Eliane precisou ser amparada. O marido dela ficou indignado com a situação.

Afastamento
A Prefeitura de Dourados determinou o afastamento de todos os integrantes da equipe que estava de serviço na Unidade de Saúde do Jardim Ouro Verde.

Ao tomar conhecimento do caso, a prefeitura determinou que o secretário de Governo José Jorge Filho, o Zito, fosse ao local imediatamente.

“O prefeito considera um ato de irresponsabilidade da equipe e determinou apuração rigorosa. Os funcionários contratados serão exonerados e os efetivos vão enfrentar uma sindicância interna. Não vamos permitir que alguns servidores irresponsáveis comprometam esse trabalho”, afirmou o secretário de Governo.

(Com informações do Dourados News)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também