Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

ESCOLAS PARTICULARES

Funcionários discutem reajuste salarial

28 JAN 2011Por DA REDAÇÃO14h:44

Professores e funcionários de escolas particulares de Mato Grosso do Sul e os funcionários no Sesi, Senac, Sesi e SenaiI reúnem-se em Campo Grande amanhã (29) às 10h, em assembléia geral extraordinária, para discutir o percentual de reajuste salarial que irão reivindicar da classe patronal. A convocação desses profissionais está sendo feita pelo Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino no Mato Grosso do Sul – SINTRAE/MS, entidade que representa essas categorias profissionais.

Ricardo Martinez Froes, presidente do sindicato, disse que a convocação é dos trabalhadores de sua base territorial, ou seja, excetuam-se os da base do SINTRAE-Sul e SINTRAE-Pantanal, que abrangem outras regiões de Mato Grosso do Sul.

Além da questão salarial, devem ser aprovada as pautas de reivindicações coletivas para a data-base de primeiro de março de 2011. Os funcionários também deverão autorizar o sindicato a celebrar com os representantes da classe patronal convenção e acordos coletivos de condições de trabalho e de reajustamento salarial, para vigerem a partir de primeiro de março. 

Essa assembléia geral extraordinária será na sede do sindicato, na Rua João Pessoa, 491, Bairro São Francisco.

Quanto ao reajuste dos salários, Ricardo Froes disse que não tem dúvida de que a categoria vai reivindicar um percentual de ganho real, ou seja, um valor acima da inflação. “Precisamos avançar a cada ano nas negociações. Os salários precisam aumentar para estimular a atividade no setor”, afirmou o sindicalista.

Leia Também