Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 13h02min

Funcionários de hospital ignoram decisão e continuam em greve

15 JUL 10 - 08h:10
Vânya Santos

Funcionários da área de enfermagem da Santa Casa decidiram descumprir decisão judicial, permanecer em greve e arcar com multa diária de R$ 5 mil até que o hospital negocie reajuste salarial da categoria. No fim da tarde da última terça-feira (13), o hospital conseguiu, no Tribunal Regional do Trabalho, liminar para que os servidores voltassem a trabalhar.
A greve teve início na manhã de segunda-feira (12) e, desde então as cirurgias agendendas foram suspensas. Os grevistas reivindicam reajuste salarial de 15% e a renovação de um acordo coletivo firmado com o hospital desde 2005. Apesar da paralisação, a categoria garantiu que o atendimento de urgência, emergência e nos setores de alta complexidade foram mantidos integralmente.
A presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Enfermagem do Estado, Helena Delgado, foi notificada sobre a liminar por volta das 17h30min de terça-feira e, desde então os funcionários teriam que retornar ao trabalho, mas isso não ocorreu.
Hoje, a partir das 14h, os grevistas farão passeata da Santa Casa até o Tribunal Regional do Trabalho, onde está marcada audiência de conciliação às 16h15min.

Liminar
A Santa Casa alegou que a greve é abusiva e que os servidores não ofereceram escala de emergência, colocando em risco a vida dos pacientes internados, conforme noticiado em relatórios da chefia da enfermagem.
O desembargador Marcio Vasques Thibau de Almeida, então concedeu liminar e fixou escala de emergência. No Centro e na Unidade de Tratamento Intensivo, pronto-socorro e centros cirúrgicos deve ser mantidos todos os servidores lotados e, nos demais setores efetivo de 50%.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Crianças são encontradas mortas em desabamentos após temporal
INTERIOR SP

Crianças são encontradas mortas em desabamentos após temporal

PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS

Após três quedas seguidas, gasolina volta a subir em Campo Grande

Etanol apresentou redução e diesel ficou estável, segundo ANP
Candidatos chegam mais cedo por preocupação com mudança no horário
CONCURSO PÚBLICO

Candidatos chegam mais cedo por preocupação com horário

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA REGIONAL

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas