Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

supermercado

Funcionário é baleado e açougueiro conivente é preso em flagrante

18 MAR 11 - 09h:32Rosana Siqueira e Evelin Araujo

Rodrigo dos Santos Miranda, de 20 anos, foi baleado no pescoço ontem, por volta das 22h, dentro de um supermercado que fica na Rua Joaquim Murtinho, em Campo Grande.

O assaltante invadiu o comércio pela porta dos funcionários qundo nove deles foram rendidos e um conseguiu fugir. O açougueiro Wellverson dos Santos Rolão, de 21 anos, que trabalha no local, confessou que facilitou a entrada do assaltante, que é primo dele. 

Os funcionários rendidos foram forçados a ficar deitados no piso superior do comércio durante o assalto. Armado, o ladrão forçou uma funcionária a levá-lo até a tesouraria, de onde levou R$ 1,8 mil das mãos de Rodrigo. Após entregar o dinheiro, o ladrão atirou no pescoço do funcionário.

O homem que conseguiu escapar ligou para a polícia. O assalto, que foi filmado pelas câmeras de segurança, foi esclarecido depois que os policiais viram as imagens que comprovaram a participação de Wellverson, pois ele falava ao celular do lado de dentro do comércio ao mesmo tempo que o assaltante, do lado de fora.

O açougueiro foi preso em flagrante e o assaltante está foragido. 

Em nota, a assessoria de comunicação do supermercado confirma o horário do assalto, diz que o estabelecimento já estava fechado no momento do crime, sem consumidores no local. A  assessoria diz ainda que o funcionário está fora de perigo.   

 

Atualizado às 10h45min para acréscimo de informações

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Nos Estados Unidos, Mourão se reúne com imigrantes brasileiros

Simone defende análise simultânea <br>de reforma e pacote anticrime
PRESIDENTE DA CCJ

Tebet quer análise simultânea de reforma e pacote anticrime

ECONOMIA

Governo promete à indústria 'revogaço' e pacote de competitividade em 15 dias

BRASIL

Primeiro leilão de petróleo sob Bolsonaro vai oferecer 36 blocos com preço mínimo de R$ 3,2 bilhões

Mais Lidas