Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Funcionária agredida por Lindsay Lohan em clínica de reabilitação é despedida

22 DEZ 2010Por SRZD18h:13

Uma funcionária do centro de reabilitação Betty Ford, na Califórnia, Estados Unidos, onde a atriz Lindsay Lohan está cumprindo parte de sua pena, foi demitida pela clínica após violar a confidencialidade dos pacientes. A mulher deu entrevistas e tornou público um documento confidencial da instituição.

Dawn Holland teve sua identidade revelada após dar entrevista ao site "TMZ". A funcionária teria repreendido Lindsay por ela ter voltado a clínica com atraso, depois da hora de recolher.

Mas a história contada por Lindsay ao pai, Michael Lohan, em entrevista ao site "E!Online" foi diferente, "Assim que Lindsay entrou pela porta, a mulher a agarrou pelo braço, e não as duas outras meninas que estavam com ela, e disse: Você vai fazer um teste de urina.". No entanto, ao invés de chamar os superiores da clínica, a cantora e atriz ligou para a polícia.

Lindsay Lohan está internada no centro Betty Ford para cumprir um tratamento de reabilitação de álcool e drogas, por ordem do juiz Elden Fox do Tribunal Superior de Beverly Hills, onde tem de permanecer até ao dia 3 de Janeiro.

Leia Também