Terça, 12 de Dezembro de 2017

FUNCIONÁRIOS GREVISTAS

Frigorífico pagará
R$ 300 mil por demissões

23 JAN 2014Por DA REDAÇÃO10h:50

Em ação movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), a Justiça sentenciou o frigorífico JBS S.A. de Naviraí ao pagamento de R$ 300 mil em danos morais por demissões discriminatórias. A empresa foi condenada pela dispensa em massa de grevistas, por divulgar informações desabonadoras e impedir o acesso de ex-empregados.

Segundo o MPT, as investigações comprovaram que a empresa realizou demissões em massa de empregados que participaram do movimento grevista, ocorrido em 2011, e que a empresa adotou procedimento para impedir o acesso de pelo menos um trabalhador às instalações do JBS, nem mesmo contratado por empresas terceirizadas. Em 2008, também houve, aproximadamente, 200 demissões motivadas pela greve.

O frigorífico JBS foi condenado a não demitir, sem justo motivo, os trabalhadores que venham a aderir a greves e não divulgar informações desabonadoras acerca da conduta de empregados. A empresa não poderá impedir o acesso de ex-empregados que prestem serviços a empresas terceirizadas. Caso as obrigações expressas na condenação sejam descumpridas a multa será de R$ 30 mil por empregado prejudicado.

í.

Leia Também