Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 14 de novembro de 2018

Campeonato Brasileiro

Fred marca no fim e Flu vence a Ponte Preta

22 JUL 2012Por terra19h:34

O Fluminense continua a caça aos líderes do Campeonato Brasileiro depois vencer a Ponte Preta por 2 a 1, em partida válida pela 11ª rodada, no Moisés Lucarelli, na noite deste domingo. Em jogo truncado, Thiago Neves marcou de falta com desvio na zaga pontepretana no fim do primeiro tempo, e Fred, aos 45min da segunda etapa, marcou de pênalti, decretou a vitória e manteve a invencibilidade dos cariocas.

Com a vitória fora de casa, o Fluminense continua perseguindo de perto os líderes Atlético-MG e Vasco, que também venceram na rodada. A equipe tricolor continuou em 3º lugar e foi aos 25 pontos, três a menos que o primeiro colocado. Já a Ponte Preta continuou com 16 pontos e se manteve na nona colocação.

O jogo no Moisés Lucarelli começou lento e com as duas equipes marcando forte no meio-campo. Seguidos de perto pelos defensores da Ponte Preta, Thiago Neves e Deco se movimentavam mas pouco produziam nos primeiros minutos da partida. Já a equipe da casa começou a aproveitar a posse da bola e arriscava chutes de fora da área.

O primeiro lance de perigo do jogo surgiu aos 14min. Nikão fez jogada individual, chutou rasteiro da entrada da área e a bola saiu à esquerda do gol do Fluminense. Melhor no jogo, a Ponte teve mais duas chances perigosas com Renê Júnior e em boa jogada de Roger após cortar a zaga. O Fluminense só foi acordar aos 38min. Thiago Neves cobrou escanteio e Fred subiu sozinho para cabecear rente a trave.

Os visitantes equilibraram a partida e abriram o placar aos 44min. Thiago Neves cobrou falta da direita, a bola passou pelos jogadores tricolores, desviou na zaga da Ponte Preta e enganou o goleiro Edson Bastos, 1 a 0. Atrás no placar, a equipe campineira voltou dos vestiários disposta a conseguir o empate.

Aos 11min, a Ponte Preta reclamou pênalti em cima de André Luís, ignorado pelo árbitro Manuel Garrido para protesto dos pouco mais de cinco mil pagantes. Mesmo com as mudanças do técnico Gilson Kleina, o time alvinegro não conseguia furar a defesa do Fluminense. De tanto insistir, a Ponte conseguiu o empate. João Paulo cobrou falta da intermediária e Ferron desviou de cabeça no canto esquerdo do goleiro tricolor, 1 a 1.

O jogo reservou fortes emoções no final. Na próxima rodada, o Fluminense viaja na quarta-feira para Porto Alegre onde tenta manter a invencibilidade contra o Grêmio, no Estádio Olímpico, às 21h50 (de Brasília). Já a Ponte Preta joga novamente em seus domínios contra o Sport, também na quarta-feira, às 19h30.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também