Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

confiscado

Fortuna de Kadafi congelada será revertida ao povo líbio

6 MAI 2011Por dw-world00h:00

Nos EUA, há 30 bilhões de dólares confiscados, na Alemanha são 6 bilhões de euros. Dinheiro deve reverter à população "para amenizar o sofrimento", afirma ministro alemão. Na Líbia, guerra civil chegou a impasse.

O Grupo Internacional de Contato para a Líbia irá criar um fundo especial de apoio financeiro ao Conselho Nacional de Transição na Líbia, formada pelos opositores do ditador Muammar Kadafi. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (05/05), após a reunião em Roma dos ministros do Exterior dos países integrantes do grupo.

O fundo fiduciário estará submetido a rigorosas medidas de controle. Ele incluirá o dinheiro confiscado da fortuna de Kadafi no exterior. Nos Estados Unidos, há 30 bilhões de dólares congelados, cujo acesso só será possível através de uma emenda à lei, declarou a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, em Roma.


Dinheiro para o povo
Somente na Alemanha, as contas bancárias bloqueadas totalizam 6,1 bilhões de euros. O ministro alemão das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, fez questão de explicitar que a soma congelada está exclusivamente à disposição "do povo líbio".

"Precisamos zelar para que essa riqueza chegue ao povo, a fim de amenizar o sofrimento", declarou Westerwelle.

Outra fonte financeira do fundo será a extração de petróleo nos territórios dos insurgentes. Devido a suas reservas de matéria-prima, a Líbia é uma das nações mais ricas do continente africano. Contudo, no momento pesa sobre ela um amplo embargo para as exportações de petróleo e gás, como sanção contra o regime Kadafi.

Leia Também