quinta, 19 de julho de 2018

nacional

Forte temporal volta a atingir SP e coloca cidade em estado de atenção

21 FEV 2011Por g114h:41

Toda a cidade de São Paulo foi colocada em estado de atenção às 14h30 desta segunda-feira (21) pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, devido ao temporal que atinge a capital. Dez minutos depois a Subprefeitura do Ipiranga, Zona Sul, foi colocada em alerta em razão do transbordamento do Córrego Ipiranga.

De acordo com o CGE, às 15h havia sete pontos de alagamento na cidade, cinco deles intransitáveis.

No horário, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), cerca de 40 semáforos apresentavam problemas.

Desde o início desta manhã houve predomínio de sol e, segundo o CGE, por volta do meio-dia os termômetros registravam 30°C. A previsão é que áreas de instabilidade ocasionem chuvas fortes, com rajadas de vento e possibilidade de granizo.

O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, foi fechado às 14h19 para pousos e decolagens por causa do mau tempo, de acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). Apesar de a chuva também atingir Guarulhos, na Grande São Paulo, o aeroporto de Cumbica permanecia operando sem o auxílio de instrumentos.

Por volta das 14h30, chovia forte no Ipiranga, na Vila Prudente, na Vila Mariana, em Santo Amaro e no Centro da capital. Havia chuva forte também na cidade de São Caetano, no ABC.

As linhas 1, 2 e 3 do Metrô operavam com restrição de velocidade desde as 14h.

Reforço nas ruas
Mais de 760 agentes da CET foram deslocados para monitorar locais com maior possibilidade de alagamentos. São 61 pontos pré-fixados de observação, onde normalmente ocorrem pontos de alagamento, além das bacias dos rios Tietê, Pinheiros, Tamanduateí e dos córregos Pirajussara, Aricanduva e Ipiranga e do Túnel Anhangabaú.

Os agentes e operadores da CET foram enviados às ruas para efeutar bloqueios e desvios em ruas alagadas; ajustar semáforos apagados por falta de energia e acionar equipamentos e operações especiais de trânsito para que as chuvas e problemas ocasionados por elas não coloquem em risco pedestres e motoristas.

Leia Também