Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mensalão

Força Nacional atuará na segurança de julgamento

22 JUL 12 - 00h:00G1

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Ayres Britto, requisitou ao governo federal reforço de segurança para o entorno do prédio da Corte durante o julgamento dos 38 réus do processo do mensalão, previsto para se iniciar em 2 de agosto, com pelo menos um mês de duração. Nesta sexta (20), o tribunal começou a fazer simulações do julgamento.

Na última quarta (18), em audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na sede do Supremo, Britto requisitou informalmente efetivos federais para resguardar o tribunal, segundo informou a assessoria do STF.

Em princípio, Cardozo colocou à disposição homens da Força Nacional de Segurança Pública, agrupamento de polícia da União criado em 2004 e que atua em distúrbios sociais ou em situações excepcionais.

Mas a definição sobre quem fará o policiamento ostensivo no perímetro deve ser sacramentada somente depois que o Supremo formalizar o pedido de apoio na segurança.

Apesar do possível reforço de policiais, a direção do Supremo informa que a movimentação na Praça dos Três Poderes, tradicional espaço de manifestações da Capital Federal, será livre, sem restrições a protestos e aglomerações populares durante as sessões.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Há dois anos, bolo era sonho <br>de aniversário para Ryan
REALIZAÇÃO

Há dois anos, bolo era sonho de aniversário para Ryan

Feriado é de calor e baixa umidade<br> do ar em Mato Grosso do Sul
TEMPO

Feriado é de calor e baixa umidade do ar em MS

Bonito na Trilha 2019
CORREIO VEÍCULOS

Bonito na Trilha 2019

CASO RAFAEL MIGUEL

Polícia divulga imagens com possíveis disfarces de homem procurado por matar ator

Mais Lidas