Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Forbes ironiza preço da Chrysler no Brasil e critica consumidores

13 AGO 2012Por sidneyrezende12h:00

Que os brasileiros pagam caro nos carros todo mundo sabe. O que não era esperado foi a reação de Kenneth Rapoza, jornalista da versão online da revista americana Forbes, que fez duras críticas a montadore de carros Chrysler, justamente pelo alto preço de seus veículos no Brasil. Segundo Rapoza, os brasileiros pagam um preço "ridículo" por um Jeep Gran Cherokee, que custa R$ 179 mil (US$ 89 mil) no país e sai por apenas US$ 29 mil nos EUA.

"Alguém pode pensar que pagar US$ 80 mil em um Jeep Grand Cherokee significa que ele vem com asas e grades folheadas a ouro. Mas no Brasil é a versão básica", disse o jornalista em tom pejorativo. Segundo Rapoza, a culpa pelo preço inflacionado se deve aos impostos cobrados por produtos importados e taxas aplicáveis a produtos industrializados.

O artigo também cita o novo Dodge Durango que custará ainda mais que o Gran Cherokee, avaliado em R$ 190 mil. Nos Estados Unidos, esse carro pode ser comprado por qualquer "professor de escola pública do Bronx", enquanto no Brasil isso seria impossível.

O jornalista afirma que o brasileiro paga caro em carros porque associa o preço desses automóveis ao status, sendo que na avaliação de Kenneth isso não tem nada a ver. "Desculpem, 'brazukas'... não há status em um Toyota Corolla, Honda Civic, Jeep Grand ou Dodge Durango. Não sejam enganados pelo preço. Vocês estão definitivamente sendo lesados", afirmou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também