Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 23 de fevereiro de 2019 - 20h12min

Fora da Série D, Cene segue treinando para a Copa MS

3 SET 10 - 20h:13
Eduardo Miranda

Eliminado da Série D do Campeonato Brasileiro na primeira fase, ao terminar na terceira posição de seu grupo, o Cene manteve o elenco e segue treinando para disputar a Copa MS. O clube campo-grandense agora procura adversários, para jogos amistosos até o próximo dia 9 de outubro, quando estreia na competição.
“O elenco que disputou a Série D foi mantido, e neste fim de semana vamos planejar a preparação para a Copa MS”, disse ontem o supervisor-técnico do Cene, Paulo Muller. A Copa MS, competição na qual o Furacão Amarelo jogará com Águia Negra, Sidrolândia, Maracaju e Corumbaense, vale vaga na Série D de 2011.
O time estava treinando, na expectativa de conseguir na Justiça o direito de permanecer na Série D deste ano, e jogar no próximo sábado pela competição. Na quarta-feira à noite, porém, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva não acolheu o pedido do Cene para tirar pontos do Madureira, clube carioca que ficou na primeira posição de seu grupo, e assim, o time de Campo Grande permaneceu fora do Campeonato Brasileiro. A diretoria do Cene não recorrerá da decisão.
Dos atletas que participaram da competição nacional, apenas o goleiro Pedro Paulo, que estava no banco de reservas e recuperava-se de uma cirurgia na perna, foi dispensado pelo clube. Atletas contratados no início do semestre, como o meia Baiano e os atacantes Pablo, Tom e Campanário seguem no time, assim como técnico Mirandinha.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Saída de Bebianno muda relação do governo Bolsonaro com o Congresso

CORREIO B

Às vésperas do início do Carnaval, febre neon inspira famosas e domina comércio popular

BRASIL

Governo informa que dois caminhões com ajuda entraram na Venezuela

BRASIL

Bolsonaro resgata medidas rígidas que foram propostas pelo PT

Mais Lidas