Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍTICA

Fora da Série D, Cene segue treinando para a Copa MS

Fora da Série D, Cene segue treinando para a Copa MS
03/09/2010 20:13 -


Eduardo Miranda

Eliminado da Série D do Campeonato Brasileiro na primeira fase, ao terminar na terceira posição de seu grupo, o Cene manteve o elenco e segue treinando para disputar a Copa MS. O clube campo-grandense agora procura adversários, para jogos amistosos até o próximo dia 9 de outubro, quando estreia na competição.
“O elenco que disputou a Série D foi mantido, e neste fim de semana vamos planejar a preparação para a Copa MS”, disse ontem o supervisor-técnico do Cene, Paulo Muller. A Copa MS, competição na qual o Furacão Amarelo jogará com Águia Negra, Sidrolândia, Maracaju e Corumbaense, vale vaga na Série D de 2011.
O time estava treinando, na expectativa de conseguir na Justiça o direito de permanecer na Série D deste ano, e jogar no próximo sábado pela competição. Na quarta-feira à noite, porém, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva não acolheu o pedido do Cene para tirar pontos do Madureira, clube carioca que ficou na primeira posição de seu grupo, e assim, o time de Campo Grande permaneceu fora do Campeonato Brasileiro. A diretoria do Cene não recorrerá da decisão.
Dos atletas que participaram da competição nacional, apenas o goleiro Pedro Paulo, que estava no banco de reservas e recuperava-se de uma cirurgia na perna, foi dispensado pelo clube. Atletas contratados no início do semestre, como o meia Baiano e os atacantes Pablo, Tom e Campanário seguem no time, assim como técnico Mirandinha.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!