Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SÃO PAULO

Folião sofre infarto durante desfile de bloco em Batatais

Folião sofre infarto durante desfile de bloco em Batatais
02/03/2014 16:45 -


O tradicional desfile de Batatais (352 km de São Paulo) começou com um susto na noite de ontem. Um homem sofreu um ataque cardíaco enquanto desfilava como destaque em um carro alegórico e caiu do veículo.

Até a tarde de hoje, o homem seguia internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital da cidade e seu estado é considerável estável, de acordo com a família.
Celso Blanc, 66, desfilava como destaque em um carro alegórico do bloco Estação do Samba, que abria o desfile.

Na metade do percurso no sambódromo, ele passou mal, ainda em cima do carro e caiu desacordado de uma altura aproximada de três metros.

Socorrido, ele foi encaminhado a uma ambulância que estava no local. Os médicos fizeram massagem cardíaca ainda dentro do sambódromo.

Ele ficou mais de dois minutos desacordado até ser reanimado.

Não havia desfibrilador na ambulância no momento do atendimento. De acordo com o secretário da Saúde de Batatais, Ramon Gustavo de Oliveira, há o equipamento no sambódromo, mas ele estava na central de atendimento médico.

"O primeiro procedimento a se fazer nestes casos é a massagem", disse.

De acordo com o secretário, uma equipe havia ido buscar o aparelho, mas seu uso não foi necessário.

Ao ser reanimado, Blanc foi encaminhado à Santa Casa de Batatais e internado na UTI. O estado de saúde dele é considerado estável.

Segundo a filha Emilene Blanc, 37, foi o quarto infarto que o pai sofreu. "Todos foram em época de Carnaval", afirmou.

O enredo do bloco em que Blanc desfilava foi uma homenagem ao Mestre Simão. O carnavalesco era cunhado de Blanc.

A mulher, Marilene Blanc, 58, desfilava ao lado dele. Ela permaneceu no carro até o final do evento.
 

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.