Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 17 de fevereiro de 2019 - 12h59min

"Foi lamentável", diz Tetila, sobre críticas do governador

1 ABR 08 - 20h:29
     

O prefeito de Dourados Laerte Tetila (PT) reagiu com indignação às acusações do governador André Puccinelli (PMDB) feitas na noite de anteontem na Câmara Municipal sobre o gerenciamento da saúde no município. André veio a Dourados para repassar cerca de R$ 1,5 milhão à Prefeitura (sendo R$ 500 mil para o Hospital Universitário).

Em uma reunião tensa que teve protestos dos acadêmicos de Medicina da Universidade Federal da Grande Dourados (Ufgd) contra o governo, André convocou os acadêmicos a fiscalizar a aplicação dos recursos da saúde por parte da administração municipal. "A Câmara Municipal e vocês estudantes, devem fiscalizar para evitar roubalheiras e desperdícios", disse o governador.

Tetila disse ao Correio do Estado que tem controle total sobre finanças de sua administração e descartou a possibilidade de haver roubos ou desperdício de dinheiro tanto na saúde como em qualquer outro setor. "Estamos tirando leite de pedra para garantir o custeio da saúde. Foi lamentável a fala do governador ontem", afirmou.

        Tetila admitiu que as declarações de André podem provocar um desgaste na relação com o Governo, mas que vai tentar manter um diálogo institucional. "Tenho suportado até humilhações e abusos para que a gente não tenha o prejuízo do isolamento do município. Tenho a obrigação de manter a relação institucional", finalizou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS

Após três quedas seguidas, gasolina volta a subir em Campo Grande

Etanol apresentou redução e diesel ficou estável, segundo ANP
Candidatos chegam mais cedo por preocupação com mudança no horário
CONCURSO PÚBLICO

Candidatos chegam mais cedo por preocupação com horário

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul
ECONOMIA REGIONAL

Em janeiro, 490 empresas foram abertas em Mato Grosso do Sul

Em MS, 12 escolas estaduais oferecerão aulas em tempo integral
ENSINO MÉDIO

Em MS, 12 escolas oferecerão aulas em tempo integral

Mais Lidas