terça, 17 de julho de 2018

Fogo atinge fazendas e mata bovinos na região de Alcinópolis

24 SET 2010Por 07h:54

Silvia Tada

Há quatro dias, incêndio atinge fazendas do entorno do Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari, em Alcinópolis, a 372 quilômetros de Campo Grande, no norte do Estado. A área queimada ainda não foi contabilizada, mas há informações de gado morto por causa do fogo e de lavouras atingidas, além dos prejuízos ambientais. A fumaça encobre a cidade, distante cerca de 51 quilômetros dos focos. Não chove há 120 dias na região.
A cidade conta com a brigada voluntária de combate a incêndio, composta por cerca de 15 homens. Eles trabalham desde o último domingo, quando foram registrados outros focos em locais distantes, como Fazenda Santa Maria. Além deles, há pessoas de Costa Rica e trabalhadores das fazendas, além de seis bombeiros da Capital que se deslocaram para a área atingida e devem ajudar a coordenar os trabalhos.
“O combate é feito com abafadores, aceiros e contrafogo. Muitas pessoas estão trabalhando há dias”, relatou o técnico agrícola Kênio da Silva Batista. A esperança de controlar o fogo é com a chuva prevista para hoje. O parque estadual tem 26,8 mil hectares em Alcinópolis e 3,7 mil hectares em Costa Rica.

Campo Grande
Na Capital, ontem, foram registrados sete focos de incêndio em terrenos, no perímetro urbano, segundo informações da assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros.
Em Mato Grosso do Sul, desde o início de setembro, foram registrados 1.324 focos de incêndio pelo Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), aumento de 238% em relação ao mesmo período do ano passado, quando eram contabilizados 391.
No ano, o número de queimadas total é de 2.904, 35% a mais que em 2009, quando ocorreram 2.141. Do dia 22 para o dia 23, um único satélite constatou 4.312 incêndios no Brasil, sendo 19 no Estado.

Leia Também