terça, 17 de julho de 2018

ferrugem asiática

Focos de ferrugens ocorrem em Aral Moreira

11 DEZ 2010Por Cícero Faria de Dourados 01h:40

Em torno de 35% das ocorrências de ferrugem asiática da soja nesta safra no País estão localizadas em Aral Moreira. O Consórcio Anti-Ferrugem (CAF), coordenado pela Embrapa Soja, de Londrina (PR), constatou que dos 15 casos da doença confirmados até ontem, seis foram registrados neste município da fronteira paraguaia.

As lavouras estavam nos estágios vegetativo e inicial de reprodução (R1) quando os técnicos da cooperativa Coamo constataram a infestação do fungo. Durante toda a safra de soja passada foram identificados apenas sete focos da ferrugem em Aral Moreira.

As intensas chuvas que caem em todo o sul do Estado desde outubro estão contribuindo para que o fungo se espalhe pelas lavouras daquele município, onde foram plantados cerca de 94 mil hectares nesta safra, de acordo com o IBGE.

Embora em outras grandes regiões produtoras de soja, como Ponta Porã, Dourados e Maracaju e Rio Brilhante, o volume de chuvas seja grande também ainda não foi registrada essa doença, a mais perigoso para a cultura. Na safra passada, o CAF constatou 333 focos da ferrugem asiática em Mato Grosso do Sul. As demais ocorrências da doença foram confirmadas nos estados do Paraná (sete) e Goiás (duas).

A primeira constatação da ferrugem asiática, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, em lavouras no Brasil ocorreu na safra 2001/2002 e rapidamente espalhou-se pelas principais regiões produtoras, em função da eficiente disseminação dos esporos do fungo pelo vento, informa a Embrapa Soja.

O principal dano ocasionado por essa doença é a desfolha precoce, que impede a completa formação dos grãos, com consequente redução da produtividade que pode atingir 70%, quando comparadas às áreas tratadas ou não com fungicida.

O nível de dano que a doença pode ocasionar depende do momento em que ela incide na cultura, das condições climáticas favoráveis à sua multiplicação, da tolerância e do ciclo da cultivar plantada.


 

Leia Também