Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Trânsito

Fluxo de veículos no novo shopping compromete segurança

2 JUN 2011Por Laís Camargo00h:02

Alvoroço com a novidade ou não, o fluxo de veículos em frente ao Shopping Norte-Sul Plaza está intenso. Para somar, as margens do Rio Anhanduí, na Avenida Ernesto Geisel, estão desmoronando. Foram colocados guard-rails e barreiras de contenção para evitar acidentes, contudo, elas também tiram a visibilidade dos motoristas.

A situação despertou a ação imediata da instalação de um semáforo após a ponte que dá acesso à entrada principal do shopping. Esta ação partiu da própria diretoria do estabelecimento, que pagou pelo equipamento de trânsito.

O diretor da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade afirma que não há planos de alteração do sentido das ruas alternativas de acesso, mas que o próprio motorista pode buscar a entrada lateral. “Alteramos somente o sentido da ponte, que era de mão dupla e tivemos que reduzir por conta da linha de ônibus. Nos próximos dias vamos retirar uma barreira que existe no meio da ponte, que fazia a separação do sentido dos carros”, pontua.

Obras a longo prazo

Em setembro de 2010 foi lançado o Pac Social 2 (Programa de Aceleração do Crescimento). Ainda está no aguardo da liberação da verba (R$ 73 milhões), a obra “Manejo sustentável de águas pluviais e recuperação da mata ciliar – fundo de vale do Rio Anhanduí”. A previsão é de que a obra dure entre 18 e 22 meses, abrangendo toda a margem do Rio desde o Bairro Aero Rancho até o Santa Amélia.

Algumas barragens no córrego Sóter já estão sendo feitas para diminuir a pressão da água. Assim que iniciada a obra do Pac 2, o prazo depende também de condições climáticas. Para o diretor do serviço de fiscalização da Agetran, Carlos Guarine, não há necessidade de alterar o sentido das vias próximas ao novo shopping, já que o fluxo intenso se deve à “novidade”.

Leia Também