Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SUFOCO

Fluminense elimina Inter <br> nos pênaltis

Fluminense elimina Inter <br> nos pênaltis
19/01/2014 11:49 - TERRA


Foi no sufoco, mas o Fluminense está na semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Neste domingo, em São Carlos, a equipe carioca eliminou o Internacional nos pênaltis por 6 a 5, após empate por 0 a 0 no tempo normal. Depois de 18 cobranças, o zagueiro colorado Eduardo parou nas mãos do goleiro Matheus e selou a classificação tricolor.

Agora, o Flu espera o vencedor do duelo entre Corinthians e Paraná, que se enfrentam ainda neste domingo, às 21h30min, para saber seu adversário na semifinal. Do outro lado da chave, Santos e Atlético-MG são as equipes que brigam por um lugar na decisão da principal competição de base do País.

Durante o primeiro tempo, foi o Fluminense quem teve maior posse de bola e ameaçou mais o Internacional. Logo no início, Euller acertou a trave adversária em cabeçada praticamente da pequena área. O time colorado jogava um pouco mais fechado e ia atrás dos contra-ataques. Em um destes, Bruno Henrique invadiu e bateu para grande defesa de Matheus.

Na segunda etapa, a equipe tricolor seguiu melhor e desperdiçou duas chances incríveis. Primeiro, Denílson, livre na pequena área, bateu por cima do gol quando só teria o trabalho de empurrar para a rede após cruzamento de Breno. Depois, novamente em bola de Breno, Euller também isolou sem marcação. Do lado colorado, Bruno Henrique voltou a ficar perto de marcar, mas se enrolou frente a frente com o goleiro carioca.

Nos pênaltis, foram muitos erros. O Fluminense desperdiçou três cobranças, mas o Inter errou quatro. O goleiro tricolor Matheus defendeu duas e saiu como o herói de campo. Pelo time carioca, Gustavo Scarpa, Gerson, Marlon Freitas, Gabriel Pereira, Nogueira e Lucas converteram, enquanto Marlon, Íkaro e Leonardo erraram. Pelo Inter, Bruno Henrique, Willian, Carlinhos, Caíque Leonardo e Magalhães fizeram, mas Murilo, Allison Farias, Caíque e Eduardo erraram.

Com informações de Lancepress!

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!