Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

ESTADUAL DO RIO

Fluminense e Botafogo decidem o grupo B

6 FEV 2011Por GAZETA ESPORTIVA01h:10

O Grupo B da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, tem a sua situação praticamente definida. Líder com 15 pontos e cem por cento de aproveitamento, o Fluminense já está nas semifinais. O segundo colocado é o Botafogo, que aparece com 13 pontos e precisa de um simples empate em dois jogos para sacramentar a sua classificação. Com isso, a definição do primeiro lugar da chave passou a ser a principal atração do clássico entre as duas equipes, previsto para este domingo, às 19h30(de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela penúltima rodada.

A primeira colocação do grupo pode ser interessante porque tudo indica que este time, no cruzamento das semifinais, vai pegar um adversário de menor investimento. Justamente por isso que os dois treinadores fazem tanta questão da vitória.

- Sabemos da importância de sermos primeiros no nosso grupo para chegarmos com muita força nas semifinais. Independentemente do que acontecer em termos de adversário nas semifinais, nós queremos terminar a nossa chave na primeira posição - disse Muricy Ramalho, técnico do Fluminense, que apesar de não revelar, sonha com uma vitória sobre o Botafogo para poder escalar uma formação de reservas na última rodada. Isso porque a partir da próxima semana o Tricolor começa a sua participação na Copa Libertadores.

Joel Santana, técnico do Botafogo, também pediu aos seus jogadores que se empenhem ao máximo para conquistarem a liderança do grupo. O treinador lembrou que a classificação para a segunda fase ainda não está assegurada e que o Alvinegro terá um clássico complicado pela frente.

- O Botafogo está em um processo de evolução, mas sabemos que não podemos perder pontos. Temos que melhorar se quisermos ganhar neste domingo, pois vamos ter pela frente o campeão brasileiro. Nosso objetivo é ganhar este jogo para definir logo a classificação e ficarmos em boas condições de sermos os primeiros colocados da nossa chave - disse Joel.

Os jogadores do Botafogo concordam com o comandante e entendem que ganhar o clássico deste domingo pode ser importante em vários aspectos e não apenas para garantir a primeira colocação ou a classificação.

- Nós precisamos ganhar do Fluminense porque a nossa torcida ficou insatisfeita com o empate por um a um com o Bangu e quer um bom resultado para apagar o que aconteceu no meio de semana. Além disso, ganhar um clássico sempre vai dar moral para a sequência da competição e queremos chegar bem nas semifinais - disse o atacante uruguaio Loco Abreu.

Já os jogadores do Fluminense acreditam que a vitória no clássico também servirá de motivação, porém muito mais pela qualidade do adversário do que pelo fato de a primeira colocação do grupo ser assegurada.

- Nós queremos a vitória porque ela será muito importante no aspecto psicológico. Falo isso porque nós estamos conseguindo ganhar de equipes demenor investimento, que tem qualidade e dão trabalho, mas que não são do mesmo nível do Botafogo. Um clássico é sempre um bom termômetro para medirmos como estamos na temporada e o quanto precisamos evoluir - explicou o goleiro Diego Cavalieri.

Os dois treinadores evitaram confirmar a escalação demaneira antecipada. Muricy Ramalho, porém, deverá manter a base que derrotou o Duque de Caxias por 3 a 1 no meio de semana. Já Joel Santana deverá mexer no time, pois não gostou do empate com o Bangu. O lateral direito Lucas e o zagueiro Márcio Rosário, barrados diante dos banguenses, deverão ser usados nas vagas de Alessandro e Fahel, respectivamente. O volante Marcelo Mattos, recuperado de uma lesão na sola do pé direito, vai reaparecer. Nesse caso o volante Somália terá que disputar com Márcio Azevedo um espaço na ala esquerda.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X BOTAFOGO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de fevereiro de 2011 (Domingo)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Assistentes: Wagner Santos (RJ) e Jackson dos Santos (RJ)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Mariano, Leandro Euzébio, Gum e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Souza e Darío Conca; Araújo e Fred
Técnico: Muricy Ramalho
BOTAFOGO: Jéfferson, Antônio Carlos, João Filipe e Márcio Rosário; Lucas, Arévalo, Marcelo Mattos, Renato Cajá e Márcio Azevedo (Somália); Herrera e Loco Abreu
Técnico: Joel Santana

Leia Também