Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

100%

Flamengo vence o Voltaço e lidera o Carioca

Flamengo vence o Voltaço e lidera o Carioca
22/01/2014 23:55 - g1


Um gol no início, outro no fim. Se o Flamengo tem 100% de aproveitamento em dois jogos no Campeonato Carioca, é preciso agradecer a Welinton. O zagueiro mostrou estrela ao estar no lugar certo, na hora certa, para dar a vitória por 1 a 0 sobre o Volta Redonda, aos 40 minutos do segundo tempo, no estádio Raulino de Oliveira, na noite desta quarta-feira, pela segunda rodada.

Justo ele, que já havia sido decisivo na estreia, ao balançar a rede nos minutos iniciais contra o Audax. Questionado em sua primeira passagem pelo clube, Welinton experimenta o doce sabor de cair nas graças da torcida - e pela segunda vez seguida deixou o campo com seu nome gritado. Mattheus, criticado contra o Audax e que começou este jogo no banco, deu o passe. Até o gol, o time era vaiado e atuava sob os gritos de "Queremos raça". Foram 2.797 pagantes em Volta Rendonda, com renda de R$ 68.220.

- Acho que valeu. O Volta Redonda é muito difícil, um time fortíssimo fisicamente, rápido, mas os meninos mais uma vez corresponderam. O jogo foi meio amarrado no primeiro tempo. No segundo, melhorou. Tivemos mais jogadas pelos lados e, no fim, fizemos o gol com o Welinton. Fico feliz por ter apostado nesses meninos - avaliou o técnico Jayme de Almeida

Com o resultado, o Flamengo ocupa a liderança do Campeonato Carioca, com seis pontos, o único time com 100% de aproveitamento. Nesta quinta-feira, Nova Iguaçu e Cabofriense, que se enfrentam, podem se igualar ao Rubro-Negro. O Volta Redonda fica com um ponto.

Na próxima rodada, o time de Jayme enfrenta o Duque de Caxias, no sábado, às 19h30m, no Maracanã. O Volta Redonda entra em campo no domingo, às 17h, contra o Resende, no estádio do Trabalhador.

Felpuda


Outrora afinadíssimo com o presidente Jair Bolsonaro, parlamentar sul-mato-grossense começou a ser escanteado em consequência de uma das crises políticas de grande repercussão. A figura entrou em campo e botou falação sobre o que estava ocorrendo, e isso soou que só como crítica pesada ao governo, que, como não poderia deixar de ser, não gostou nadica de nada. Há quem diga que o dito-cujo é muito levado “pelo sangue”. Então, tá!...