Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Flamengo esquece Libertadores e só pensa no Botafogo

16 ABR 10 - 21h:11

Rio de Janeiro

 

A derrota por 2 a 0 para a Universidad Católica, no Chile, pela Copa Libertadores, quarta-feira, não vai deixar o Flamengo abatido para a decisão da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, contra o Botafogo, amanhã, às 15h (MS), no Maracanã, no Rio de Janeiro. Pelo menos é isso que os jogadores flamenguistas estão garantindo às vésperas da final.

"O nosso grupo é composto por jogadores experientes, que sabem muito bem que um jogo não pode influenciar outro. A partida contra a Católica faz parte do passado e precisamos de uma melhor atuação contra o Botafogo, que tem um estilo de jogo muito bem definido e vai nos dar trabalho", disse o lateral-direito Leonardo Moura.

Em relação ao time que vai a campo, o técnico Andrade deverá anunciá-lo apenas minutos antes do confronto. O treinador terá o reforço do atacante Adriano, que não participou dos últimos jogos. O meia Michael, recuperado de dores na coxa direita, é outro que reaparece na equipe. O zagueiro Álvaro, com um estiramento na panturrilha direita, foi vetado pelo departamento médico. David e Fabrício disputam sua vaga. Na lateral esquerda Rodrigo Alvim assume o posto de Juan, suspenso por ter sido expulso na vitória por 2 a 1 sobre o Vasco. Com isso o Rubro-Negro deverá formar com: Bruno, Leonardo Moura, David, Ronaldo Angelim e Rodrigo Alvim; Toró, Willians, Maldonado e Michael; Vágner Love e Adriano.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Senador Nelson Trad diz que <br> PSD está em falta com o PSDB
ALIANÇA

Senador Nelson Trad diz que
PSD está em falta com o PSDB

Brasil articula criação de centro de aprimoramento de gado leiteiro na Índia
MISSÃO

Brasil articula criação de centro de aprimoramento de gado leiteiro na Índia

PT escala Pedro Kemp <BR>para tentar se reerguer
ELEIÇÕES 2020

PT escala Pedro Kemp
para tentar se reerguer

MOBILIZAÇÃO

Militantes juntam assinaturas para que organização de Bolsonaro vire partido

Grupo precisa de 500 mil pessoas em todo o país; meta da Capital é mil assinaturas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião