ESPORTES

Flamengo enfrenta o Bangu com Adriano e Vagner Love

Flamengo enfrenta o Bangu com Adriano e Vagner Love
23/01/2010 08:13 -


O Flamengo vai buscar sua terceira vitória seguida na Taça Guanabara, que corresponde ao primeiro turno do Campeonato Carioca, diante do Bangu hoje às 16h (MS), no Engenhão. E a grande atração da partida é a escalação da dupla de ataque formada por Adriano e Vagner Love. O Imperador já está recuperado da lesão no pé esquerdo enquanto Love foi regularizado e fará sua estreia com a camisa rubro-negra. O time da Gávea soma seis pontos ganhos no grupo A, mas ocupa a terceira posição por ter saldo de gols inferior ao do Fluminense e Boavista. Já o Bangu é o lanterna da chave sem um ponto sequer. No Flamengo, o técnico Andrade, além do lançamento da dupla Adriano e Vagner Love, vai promover o retorno do lateral-direito Leonardo Moura, que foi liberado pelo departamento médico depois de se submeter a uma cirurgia no nariz. Everton Silva continua na lateral esquerda porque o titular Juan ainda está cumprindo suspensão. O meia Petkovic, que voltou na partida diante do Volta Redonda e marcou um dos gols, seguirá no banco de reservas porque Andrade considera que o sérvio ainda precisa melhorar suas condições físicas para retomar seu lugar na equipe. O zagueiro Álvaro, que cumpriu suspensão, tambem tem volta garantida. O Bangu vem de duas derrotas por 3 a 0, resultados que já ameaçam o cargo do treinador Marcelo Buarque. Mesmo com a pressão o técnico do clube de Moça Bonita se mostra tranquilo e classifica o resultado diante do Fluminense como exagerado. O treinador deve promover a estreia do atacante Bruno Suzano, que defendeu o Resende na temporada passada. O Campeonato Carioca terá ainda os seguintes jogos: Resende x Madureira e Macaé x América-RJ.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".