segunda, 16 de julho de 2018

BRASILEIRO

Flamengo desembarca abatido no Rio de Janeiro

14 NOV 2010Por GAZETA ESPORTIVA14h:42

A delegação do Flamengo desembarcou no Rio de Janeiro (RJ) na madrugada deste domingo, poucas horas depois de o time ter sido goleado pelo Atlético-MG por 4 a 1, em Sete Lagoas (MG), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o Rubro-Negro permanecer com 40 pontos, correndo risco de rebaixamento. Sem a presença da torcida, mas com um bom esquema de segurança, devido ao medo de protesto, alguns jogadores não quiseram conversar com os jornalistas. Caso do goleiro Marcelo Lomba, que deixou o local sem responder as perguntas da imprensa.

Já os atletas que conversaram com a imprensa demonstraram muito abatimento, apesar de tentarem passar um discurso otimista para os torcedores.

- A competição está entrando em uma fase muito complicada, mas não podemos nos desesperar de jeito nenhum. Dependemos das nossas próprias forças para permanecermos na Série A e esperamos que a torcida esteja do nosso lado, pois teremos dois jogos importantes em casa - explicou o atacante Diogo.

O Flamengo volta a campo no próximo sábado, às 19h30(de Brasília), quando recebe o Guarani, concorrente direto contra o rebaixamento, no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). Para este compromisso o técnico Vanderlei Luxemburgo poderá contar com o retorno do meia Renato Abreu e do atacante Deivid, que cumpriram suspensão contra os mineiros.

Após a partida contra o Bugre o Flamengo, que precisa de mais cinco pontos para garantir matematicamente a permanência na Série A, recebe o Cruzeiro no Engenhão e se despede visitando o Santos, na Vila Belmiro.

PROVOCAÇÃO 

Muito hostilizado pelos torcedores do Atlético-MG, que dirigiu durante boa parte do Campeonato Brasileiro, Vanderlei Luxemburgo procurou minimizar os protestos da torcida em Sete Lagoas (MG).

- O importante é que a torcida do Atlético Mineiro não apelou para a violência. Eles fizeram a parte deles, criando musiquinhas, pressionando o Flamengo e ajudando o time deles. Entendo o que aconteceu e não esperava ser recebido com flores após sair deixando o time na zona de rebaixamento - disse Vanderlei Luxemburgo, evitando polêmicas.

Durante a partida a torcida do Atlético levou baralhos para o estádio, em uma alusão à reportagem da revista "ESPN", que falava sobre bum suposto vício de Luxemburgo com jogos de cartas. Além disso, quando a goleada estava decretada os mineiros passaram a gritar o nome do treinador, ironizando o desempenho dele à frente do Flamengo.  

Leia Também