Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

futebol

Flamengo busca a paz contra o Duque de Caxias

2 ABR 2011Por globo esporte17h:00

Sem vencer há três partidas, o Flamengo vive um momento turbulento. A torcida tem hostilizado alguns jogadores e o técnico Vanderlei Luxemburgo, que virou alvo de reclamações após descartar a volta do atacante Adriano, que acertou com o Corinthians. É neste cenário que o Flamengo tenta reencontrar a paz e derrotar o Duque de Caxias neste sábado, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, pela sexta rodada da Taça Rio.

Para piorar ainda mais a situação, a classificação para as semifinais da Taça Rio ficou bem ameaçada, com o time aparecendo na quarta colocação do Grupo A com nove pontos, um a menos que Vasco, Boavista e Americano. Para os jogadores do Flamengo, um triunfo diante do Duque de Caxias vai devolver realmente a tranquilidade ao clube.

"Nós estamos fazendo uma grande temporada e somos um dos poucos invictos no ano. Se não me engano, além da gente, só o Coritiba. Mas mesmo assim as críticas estão aparecendo, pois deixamos de vencer nas últimas rodadas. Um triunfo neste sábado vai acalmar a situação e nos dar tranquilidade para a sequência do trabalho", afirmou o goleiro Felipe.

Para o técnico Vanderlei Luxemburgo, não deve existir preocupação com as chances de classificação da equipe para as semifinais, pois ele entende que um triunfo neste sábado fará com que o time termine a rodada na zona de classificação.

"Nós tropeçamos nas duas últimas rodadas contra rivais de menor investimento. Mas o grupo está equilibrado. Tanto que se tivéssemos ganho de Madureira e Cabofriense, seríamos líderes e com certa tranquilidade. Mas o passado agora não interessa e serve apenas para nos mostrar que uma vitória sobre o Duque de Caxias vai nos devolver, muito possivelmente, a presença na zona de classificação", disse Vanderlei.

Para este jogo, o Flamengo conta com força máxima. O volante Willians e o meia Renato Abreu, que cumpriram suspensão diante do Madureira, reaparecem nas vagas de Lorran e de Galhardo, respectivamente. Essas serão as duas únicas modificações em relação ao time que tropeçou no fim de semana passado. O treinador conta ainda com o retorno do apoiador Fierro, que estava servindo à seleção chilena em amistosos internacionais e deve ser opção no banco de reservas.

Assim como Flamengo, o Duque de Caxias sonha com a classificação à próxima fase do Estadual. Único representante do estado na Série B do Campeonato Brasileiro, o time da Baixada Fluminense aparece com oito pontos conquistados no Grupo B, ocupando a quarta posição. Um triunfo coloca os visitantes bem perto da zona de classificação.

"Sabemos que temos condições de conquistar um resultado positivo contra o Flamengo e vamos tentar superar todas as nossas limitações e as adversidades. O nosso adversário é muito forte, conta com um grande time, mas com obediência tática e disposição, podemos vencer", disse Waldemar Lemos, que viu na semana passada o Duque de Caxias derrotar o America por 2 a 1 e chegar aos 15 pontos na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos. Com o fato, o time da Baixada Fluminense afastou qualquer risco de rebaixamento.

Se o Flamengo conta com força máxima, o Duque de Caxias tem vários desfalques. Os zagueiros Lucão e Marlon e os volantes Antônio e Lenon, todos emprestados pelo Rubro-negro, não podem atuar por conta de uma cláusula contratual. Já o zagueiro Fábio Braz, com lesão na coxa direita, continua entregue ao departamento médico. Sendo assim, a dupla de zaga será composta por Ari e Vitor, enquanto Bruno Moreno e Jougle deverão ser os escolhidos para a proteção aos zagueiros.

FICHA TÉCNICA
DUQUE DE CAXIAS X FLAMENGO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de abril de 2011 (Sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Lenilton Gomes Junior (RJ)
Assistentes: Silbert Sisquim (RJ) e Wendel Gouvea (RJ)

DUQUE DE CAXIAS: Fernando; Ari, Vitor, Alex Lopes e Hamilton; Bruno Moreno, Jougle, Lenílson e John; Geovane Maranhão e Somália
Técnico: Waldemar Lemos

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Welinton, David e Rodrigo Alvim; Maldonado, Willians, Thiago Neves e Renato Abreu; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Leia Também