Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Flamengo afasta Petkovic por indisciplina no clássico

Flamengo afasta Petkovic por indisciplina no clássico
02/02/2010 23:37 - RIO DE JANEIRO


Após uma hora de reunião na tarde de ontem envolvendo Petkovic e o gerente de futebol do Flamengo Isaias Tinoco, o sérvio concedeu entrevista coletiva e, bastante contrariado, informou que está afastado do elenco. “Chego aqui agora e o Marcos Braz (vice de futebol) não está. Me comunicaram que ele tomou a decisão de me afastar até segunda ordem. Estou surpreso com isso e não vi onde eu errei”, disse. O meia, então, deu sua versão para a suposta discussão que teria tido com o dirigente. O jogador negou qualquer tipo de desentendimento e afirmou que ficou dentro do carro algum tempo no estacionamento do Maracanã. “Para mim não houve nada. Liguei a internet e fiquei sabendo, todo mundo me ligando e mandando mensagem no celular. Não teve briga nem discussão no vestiário. Eu estava chateado pelo resultado e frustrado por não poder ajudar mais. Saí com a cabeça quente e aí o Marcos Braz mandou eu esperar o sorteio. Não falei nada e fui para o carro. Escutei no rádio do carro, dentro do estacionamento, até a expulsão do Álvaro”, disse Petkovic. “Aí fiquei mais chateado e saí de lá. Ninguém me ligou para o doping. Se eu tivesse sido sorteado, me avisariam e qualquer coisa eu estava ali perto do carro”, explicou. Petkovic foi substituído no intervalo do Fla-Flu. A versão que o sérvio contesta foi a que vazou no fim da noite de domingo, na qual teria se irritado e deixado o estádio antes do sorteio para o exame antidoping. Marcos Braz teria pedido para o meia ficar e, diante da negativa do jogador, discutido com o atleta.

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.