Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sábado, 16 de fevereiro de 2019 - 15h33min

Fla e Universidad de Chile jogam hoje no Maracanã

8 ABR 10 - 20h:38

RIO DE JANEIRO

 

Após muita discussão, a partida entre Flamengo e Universidad de Chile, que era para ser disputada na noite de ontem, foi confirmada para hoje, às 15h (MS), no Maracanã. O jogo é válido pelo grupo 8 da Copa Libertadores da América.

Com o confronto confirmada, o Flamengo entrará em campo sem Adriano, que não se recuperou das dores nas costas. O atacante, inclusive, já é dúvida para o clássico de domingo, contra o Vasco, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Estadual.

Sem o atacante, a tendência é de que Andrade escale Bruno Mezenga ao lado de Vagner Love. O treinador tem a opção também de adiantar Vinícius Pacheco e colocar Petkovic entre os titulares. A definição acontece apenas no vestiário.

O Flamengo pode enfrentar os chilenos com a seguinte formação: Bruno; Leonardo Moura, Álvaro, Fabrício e Juan; Toró, Willians, Kleberson e Vinícius Pacheco (Petkovic); Bruno Mezenga (Vinícius Pacheco) e Vagner Love.

Com seis pontos, o time carioca ocupa a segunda posição do grupo 8, um atrás do líder Universidad de Chile. Universidad Católica, outro representante chileno, tem três pontos, enquanto o Caracas, da Venezuela, tem apenas dois. Ambos já fizeram quatro partidas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Familiares de mulher que teve o corpo furtado realizam terceiro sepultamento com medidas de seguranç
FIM DA ANGÚSTIA

Familiares de mulher que teve o corpo furtado realizam terceiro sepultamento

MEIO AMBIENTE

Ministro contraria Ibama e diz que plantação em área indígena não é ilegal

Ambulância é arrombada e furtada  em pátio da Central de Regulação
CAMPO GRANDE

Ambulância é furtada em pátio da Central de Regulação

Goleiro Jefferson afirma não ter sido chamado para seleção por racismo
FUTEBOL

Goleiro Jefferson afirma não ter sido chamado para seleção por racismo

Mais Lidas