Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

Fla aguarda 'ok' de Zinho para advertir Adriano

4 SET 2012Por globoesporte.com14h:26

O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, aguarda o contato do diretor de futebol do clube, Zinho, para oficializar a decisão de punir Adriano pelas duas faltas a treinos. Nesta terça-feira, Zinho disse via site oficial do Rubro-Negro que o atacante será advertido por não ter comparecido ao Ninho do Urubu na parte da tarde de segunda, quando estava prevista uma atividade para ele. Foi a segunda ausência do camisa 10. Na última quarta, o Imperador treinou normalmente pela manhã, mas pouco antes do horário marcado para a atividade da parte da tarde ligou avisando que não iria comparecer. Ele alegou cansaço. Segundo De Piro, o departamento jurídico espera a determinação do diretor para redigir as advertências e levá-las para que Adriano assine.

- Estou aguardando o posicionamento do departamento de futebol sobre o assunto. O advogado do futebol, André Galdeano, e o Zinho ainda não entraram em contato comigo. Se a decisão for pela advertência, vamos formalizar os documentos para o jogador assinar – explicou De Piro.

Adriano é aguardado na tarde desta terça no CT. O treino dele e do grupo está marcado para as 15h. Zinho pretende ter uma conversa com o atacante e depois falará com os jornalistas. Caso não apareça, o camisa 10 faltará pela terceira vez e pode ter o vínculo encerrado, conforme previsto em contrato firmado até 22 de dezembro.

- Em tese, a terceira advertência pode levar à rescisão. É algo comum, não precisa nem ter cláusula. Essa decisão cabe ao departamento de futebol - explicou De Piro.

O Flamengo se resguardou no contrato firmado com Adriano, com cláusulas que fazem referência à questão disciplinar e com base na produtividade. As cifras estão longe de valores astronômicos: salário fixo de R$ 50 mil por mês - total de R$ 200 mil por quatro meses – e R$ 50 mil por cada jogo disputado.

O Imperador ainda não tem data para voltar aos gramados. Existe a possibilidade dele viajar com o grupo para Curitiba, na sexta-feira, mas a decisão será tomada nos próximos dias.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também