Quarta, 21 de Fevereiro de 2018

Falsas Promessas

Fiscais resgatam 35 trabalhadores em condição degradante em GO e MT

10 DEZ 2010Por Folha.com23h:02

Fiscais do Ministério do Trabalho resgataram 35 trabalhadores em condições degradantes em inspeções realizadas em Goiás e Mato Grosso. Em Aparecida de Goiânia, 11 homens que trabalhavam na construção civil foram resgatados, enquanto 24 pessoas deixaram bares e casas noturnas onde trabalhavam em situação análoga à de escravos em Várzea Grande (MT) após a ação dos fiscais.

Os trabalhadores da construção civil alegaram terem sido iludidos com promessas não confirmadas ao deixarem o Maranhão em busca de serviço em Goiás. A empresa que os contratou não acertou a documentação e cobrava deles as passagens de ônibus.

Já em Várzea Grande, os fiscais observaram que os trabalhadores eram obrigados a jornadas de trabalho exaustivas e alojamentos precários e inseguros, sem medida de proteção para incêndio e sujos. Os empregados recebiam por show e comissão sobre venda de bebidas, e os valores eram trocados por mercadorias fornecidas pelo empregador a preços superfaturados.

Segundo o Ministério do Trabalho, entre janeiro e setembro deste ano foram realizadas 69 operações para erradicação de trabalho escravo pelo país, que resultaram no resgate de 1,4 mil trabalhadores e no pagamento de R$ 5,4 milhões de reais de verbas rescisórias.

Leia Também