quinta, 19 de julho de 2018

rio grande do sul

Filho mata pai a paulada e diz ser enviado de Jesus

14 FEV 2011Por portal terra11h:51

Valmir Juquinho da Silva, de 64 anos, foi morto neste domingo pelo próprio filho, Carlos Alberto da Silva, 44 anos, em Santa Cruz do Sul, interior do Rio Grande do Sul. Segundo o delegado Miguel Mendes Ribeiro Neto, o suspeito chegou à casa de Valmir por volta das 16h e desferiu uma paulada na cabeça do pai, que estava no sofá. Carlos Alberto, que segundo a família sofre de problemas psiquiátricos, após o crime afirmava ser enviado de Jesus.

Antes da chegada da polícia, o filho ainda foi até um campo de futebol, onde pregou outro sarrafo ao pedaço de pau usado para matar o pai, transformando-o numa cruz e a cravou no local. Valmir teve traumatismo craniano e chegou a ser socorrido com vida. Internado no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Ana Nery, não resistiu ao ferimento e morreu à noite.

Carlos Alberto prestou depoimento à polícia, mas estava muito agitado e continuou dizendo ser enviado de Deus. Ele disse ainda que matou o pai por que Valmir não o teria defendido de uma briga com uma vizinha na noite anterior. A família desconhece o fato.

Ele foi encaminhado ao Presídio Regional de Santa Cruz do Sul. Familiares disseram que ele era tratado no Centro de Atenção Psicossocial do município, mas que teria deixado de tomar sua medicação. 

Leia Também